Policiais militares cobram pagamento de Gratificação de Risco de Vida - Folha de Boa Vista
REGULAMENTADO
Policiais militares cobram pagamento de Gratificação de Risco de Vida
PMs disseram que vão dar um mês para o Governo do Estado resolver essa questão, referente ao pagamento da gratificação que já é previsto por meio de lei
Por Folha Web
Em 14/10/2021 às 06:00
O Governo do Estado informa que está em avaliação a extensão do benefício aos policiais militares (Foto: Nilzete Franco/FolhaBV)

Um projeto de lei complementar, enviado pelo Governo do Estado para a Assembleia Legislativa de Roraima (ALERR), contemplando os agentes do CSE (Centro Sócio Educativo) Homero de Souza Cruz Filho, deixou policiais militares insatisfeitos.

O motivo, segundo policiais militares, é porque o projeto de lei prevê a concessão da Gratificação de Risco de Vida para os agentes sócio orientador e sócio educador do CSE.

“Não estamos aqui questionando se os profissionais do CSE têm direito ou não de receber. Mas a Polícia Militar exerce hoje um trabalho de risco e não recebe essa gratificação, embora já esteja regulamentada por meio de lei pelo próprio Governo do Roraima”, ressaltou um policial militar que pediu para não ser identificado.

“É um descaso o que o governador está fazendo com a categoria dos policiais militares de Roraima. Mandar um projeto de lei para regulamentar a gratificação de risco de vida para os agentes do CSE, enquanto que para nós já está regulamentada e não recebemos. Vamos dar um mês para o governador Antonio Denarium resolver essa questão”, comentou.

O pagamento do valor da Gratificação de Risco de Vida estaria atrasado.

OUTRO LADO – Sobre o assunto, o Governo do Estado enviou a seguinte nota:

O Governo do Estado informa que está em avaliação a extensão do benefício aos policiais militares. Esclarece que analisa as condições orçamentárias e que está em diálogo com a Assembleia Legislativa para que esse direito seja garantido a todos.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
31
34
Cadastrar-me Enviar Comentário
pé preto disse: Em 14/10/2021 às 07:41:58

"Sacanagem polícial militar também tem família filhos, e d aforma que vem sendo tratado e humilhação, eles não podem fala nada porque e regido por um estatuto, na pandemia eles não pararam, muito morreu e ainda muito doentes, mais nada do governo fazer nada melhora condições de trabalho pelotões, caindo na cabeça dos.militares, hoje alguns pm fazem sv extra pra.poder sobreviver porque seu trabalho não está sendo valorizado"