Queda de forro não interferiu no quadro clínico de idoso, afirma diretor - Folha de Boa Vista
HGRR
Queda de forro não interferiu no quadro clínico de idoso, afirma diretor
Raphael Brunelli, diretor do HGR disse à Folha que a queda do forro de isopor não alterou saúde de paciente
Por Folha Web
Em 21/05/2022 às 16:00

O diretor do Hospital Geral de Roraima (HGRR), Raphael Brunelli, em entrevista a Folha neste sábado (21), afirmou que o incidente ocorrido no dia 18 deste mês em que parte do forro da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) não afetou o quadro clínico do paciente de 84 anos. 

“O forro caiu entre dois pacientes, e não chegou a atingi-los. Algumas migalhas, mas por ser isopor não tem a capacidade de causar traumatismos”, explicou Brunelli. 

Ainda conforme o diretor, após o incidente, uma equipe foi chamada para realizar os reparos e manutenção da unidade e todos os pacientes foram transferidos para outra sala semi-intensiva para continuidade do tratamento. 

O idoso de 84 anos morreu no dia seguinte. De acordo com ele, as causas são restritas a família que pode solicitar junto ao SAME (Serviço de Arquivo Médico e Estatística) a cópia do prontuário do paciente, de segunda a sexta-feira em horário comercial. “Não houve danos para pacientes, funcionários e nem em equipamentos”, salientou.

Ainda segundo o diretor, a situação deste paciente em específico era grave. Antes, o idoso esteve internado em um hospital particular e a família conhecia a fragilidade da saúde do paciente por possui múltiplas doenças crônicas. “Esse paciente foi imediatamente transferido para outro leito, aquele setor foi isolado, mas não houve nenhum dano, prejuízo ao paciente. Foi uma fatalidade, mas que não causou nenhum traumatismo ao paciente”, ressaltou. 

REPAROS 

Com o incidente, o médico  informou que a Unidade Hospitalar instalou uma “força tarefa” para identificar possíveis falhas e, assim, evitar outros acidentes dentro do pronto-socorro ou em outras dependências do HGR.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
2
15
Cadastrar-me Enviar Comentário
RVS disse: Em 21/05/2022 às 22:41:59

"Por acaso não seria uma perícia o meio competente p afirmar isso? ... o Diretor do HGR não tem competência p afirmar isso né...rsrs "