PUBLICIDADE
NÍVEL NACIONAL
Roraima é finalista em concurso universitário de ideias empreendedoras
Alunas do IFRR criaram aplicativo que auxilia área da saúde e concorrem em nível nacional a prêmio de R$ 30 mil
Por Polyana Girardi
Em 22/08/2019 às 00:15
Equipe aguarda com expectativas a fase final do concurso que acontecerá em setembro, na cidade de São Paulo (Foto: Créditos do Instituto Federal de Roraima (Ifrr))

A ideia de desenvolver um aplicativo que facilitasse a busca por planos de saúde, em nível regional e nacional, durante aula na disciplina de empreendedorismo do curso superior de Tecnologia em Gestão Hospitalar, no Instituto Federal de Roraima, campus Boa Vista, resultou na participação de quatro alunas no concurso Universitário de ideias empreendedoras, promovido pelo Banco Santander.

Em setembro, a equipe representará Roraima, em São Paulo, entre dez outras ideias que foram selecionadas entre as duas mil propostas enviadas ao concurso, para também concorrer a um prêmio no valor de R$ 30 mil e mais cursos presenciais de quatro dias na escola de negócios Babson College, localizada em Wellesley, Massachusetts.

A professora Cleide Fernandes, coordenadora que orientou o processo de elaboração do aplicativo, disse que o sentimento é de dever cumprido enquanto nutre expectativas pelo resultado do trabalho desenvolvido com as alunas.

PUBLICIDADE

“Não é comum que Roraima esteja envolvido em concursos que contemplam inovações tecnológicas. Participar de conquistas que trazem visibilidade ao estado nos dá a sensação de trabalho executado com excelência. Somos apaixonados pela área e gostamos de produzir para a sociedade ações que tragam impactos”, disse.

Karrollayne Freitas, uma das estudantes idealizadoras do projeto para desenvolver aplicativo de busca de planos de saúde, explicou qual é a principal finalidade da ferramenta tecnológica. 

“Quando a população realiza a busca por planos de saúde, normalmente os resultados não se adequam ao que ela de fato procura. O aplicativo traz informações de planos, benefícios, áreas de coberturas e principalmente preços. Nós submetemos a várias etapas propostas pelo Banco Santander e passamos. Somos gratos em levar o nome de Roraima em um momento em que muitos pensam que de um lugar tão distante não pode existir mentes empreendedoras.” 

O professor do curso de Análise e Desenvolvimento do IFRR, Marcos Jacaúna, também é parte fundamental para execução do projeto. Ele explica que ao saber da ideia empreendedora das estudantes se uniu ao curso de Tecnologia em Gestão Hospitalar para desenvolver o aplicativo.

“Fizemos um levantamento sobre o sistema do projeto e analisamos as soluções tecnológicas do projeto das alunas. Em outras palavras, trouxemos uma ideia teórica para a prática ao convidar alunos interessados em ajudar. Agora, orientamos a equipe da professora Cleide e outros alunos sobre quais abordagens seguir para que o aplicativo funcione”, explicou.

O que é o concurso – O empreenda Santander Universidades é uma iniciativa que busca incentivar ideias e negócios empreendedores de estudantes que possuem ideias, mas não sabem por onde começar ou desenvolvê-la. Podem participar universitários matriculados em cursos de graduação, pós-graduação ou em qualquer Instituição de Ensino Superior reconhecida pelo Ministério da Educação e alunos de Ensino Técnico, sob orientação de um professor escolhido. O projeto selecionado receberá ajuda financeira, bolsa de estudos para professor e aluno representante, além de mentoria de até seis meses. 

***
Gostou?
6
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!