PUBLICIDADE
CIDADANIA
Seminário vai discutir o enfrentamento à violência doméstica
O evento ocorre no Centro Universitário Estácio da Amazônia, a partir das 18h30, na sala 402 do bloco D
Por Folha Web
Em 11/06/2019 às 18:06
O evento contará com a participação de representantes das entidades que trabalham na rede de atenção à mulher no estado de Roraima. (Foto: Divulgação)

Divulgar os resultados de atendimentos sociais realizados pelos alunos do curso de Serviço Social, bem como apresentar a rede de atenção à mulher em situação de violência e as estatísticas de atendimento. São com essas finalidades que o Centro Universitário Estácio da Amazônia realiza, nesta terça-feira (11), o 1º Seminário de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar, a partir das 18h30, na sala 402 do bloco D.

O evento contará com a participação de representantes das entidades que trabalham na rede de atenção à mulher no estado de Roraima, como a Casa da Mulher Brasileira e o Tribunal de Justiça. A coordenadora do curso, Jéssica Barreto, explicou que o encontro é fruto de um trabalho que tem sido feito pelos estudantes da Estácio através do projeto de extensão Serviço Social e Direitos Humanos (PROESSDH).

A atividade é desenvolvida no Núcleo de Práticas Jurídicas da Estácio sob a orientação e acompanhamento técnico de um profissional de assistência social. "As mulheres atendidas pelo projeto são encaminhadas pelo Tribunal de Justiça para que os estudantes façam os atendimentos sociais e prestem as devidas orientações quanto às medidas protetivas e façam os devidos encaminhamentos às redes de proteção à mulher", explica a professora.

PUBLICIDADE

Ela informou ainda que foram os próprios alunos de Serviço social que propuseram a realização do seminário para discutir essa temática tão importante para os cuidados das mulheres em situação de violência doméstica.

PROGRAMAÇÃO

Para discutir o assunto, a primeira palestra da noite terá representantes da Coordenadoria Estadual da Mulher em situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça de Roraima, Aurilene Moura Mesquita e Catarina Cruz Butel. Elas vão abordar "a efetivação da Lei Maria da Penha e a Mulher em situação de violência doméstica".

Para apresentar "a experiência de trabalho da Casa da Mulher Brasileira no atendimento psicossocial às mulheres em situação de violência doméstica", o seminário vai receber as representantes da Casa da Mulher Brasileira e da Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social (Setrabes), Celma Oliveira Veloso e Rayssa Helena de Souza Lemos.

***
Gostou?
0
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!