Servidores do Judiciário fazem protesto por atraso em revisão geral anual - Folha de Boa Vista
REMUNERAÇÃO
Servidores do Judiciário fazem protesto por atraso em revisão geral anual
Desde o início do expediente, servidores que estão nas unidades Poder Judiciário ou trabalhando em home office não ligaram os computadores
Por Folha Web
Em 21/06/2021 às 12:30
Protesto é realizado em Boa Vista e nas comarcas do interior (Foto: Reprodução)

Servidores do Poder Judiciário estão fazendo, nesta segunda-feira, dia 21, um “apagão” em protesto pelo atraso no envio do Projeto de Lei da Revisão Geral Anual dos Servidores do Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR) para apreciação e votação na Assembleia Legislativa do Estado de Roraima (ALERR).

Desde o início do expediente, servidores que estão nas unidades Poder Judiciário ou trabalhando em home office não ligaram os computadores, cruzando os braços em alerta pela insatisfação pelo atraso. A manifestação é de iniciativa dos próprios servidores, mas está recebendo o apoio do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário (Sintjurr).

“É um movimento espontâneo dos servidores em geral, não apenas dos sindicalizados. Não foi uma convocação do sindicato. Foi um movimento que cresceu entre os servidores de fazer um apagão. Isso é uma forma de demonstrar o descontentamento com o Tribunal de Justiça, que não tem conversado com os servidores a respeito dos procedimentos que está fazendo para providenciar o pagamento da reposição Geral Anual”, explica a presidente do Sintjurr, Ariana Coêlho.

De acordo com a sindicalista, a manifestação está tendo grande adesão, inclusive nas comarcas do Interior, chegando a cerca de 80% dos computadores desligados nos setores administrativos e dos cartórios judiciais.

“Mesmo que essa não seja uma iniciativa do sindicato, nós apoiamos esse movimento dos servidores e aguardamos o estabelecimento do diálogo com a presidência do Tribunal de Justiça”, afirma Ariana.

Segundo a presidente, caso não haja um entendimento, um diálogo transparente, já existe uma forte pressão da base para convocar uma Assembleia Geral e deflagrar um movimento grevista, que será decidido pelos próprios sindicalizados.

OUTRO LADO – Em nota, o TJRR reitera que a proposta de revisão geral anual dos vencimentos dos servidores do Poder Judiciário do Estado de Roraima está em tramitação regular com instrução em andamento nos setores administrativos do Tribunal.

Leia mais: 

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
7
20
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!