Após 20 anos, obras do presídio de Rorainópolis estão em fase final - Folha de Boa Vista
186 VAGAS
Após 20 anos, obras do presídio de Rorainópolis estão em fase final
A obra, que passou muitos anos abandonada, recebeu contrapartida de R$ 8 milhões do Governo de Roraima para a finalização, somados a outros R$ 4 milhões, oriundos de recursos do Depen
Por Folha Web
Em 26/08/2021 às 16:08
A estrutura penal deve ter espaço para 186 internos (Foto: Divulgação)

Com obra iniciada em 2001, paralisada em 2007, mas retomada em 2020, o Presídio de Rorainópolis está com 95% das obras concluídas, e segundo o Governo do Estado, deve ser inaugurado nos próximos meses. A estrutura penal deve ter espaço para 186 internos.

A obra, que passou muitos anos abandonada, recebeu contrapartida de R$ 8 milhões do Governo de Roraima para a finalização, somados a outros R$ 4 milhões, oriundos de recursos do Depen (Departamento Penitenciário).

Atualmente, apenas três unidades prisionais funcionam em Roraima: A Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (PAMC), Cadeia Pública Masculina e Cadeia Pública Feminina.

O secretário de Infraestrutura, Edilson Damião, pontuou que, nessa fase final da obra, estarão sendo feitos serviços de pintura. Após esse trabalho, o presídio poderá ser entregue à Segurança Pública de Roraima.

"É uma obra que conta com toda a parte de administração, de conforto para os agentes penais que vão ali trabalhar, além das guaritas, toda a parte de acesso, de quadras poliesportivas, as celas, inclusive íntimas. Então é um presídio que vai atender toda aquela região Sul do Estado", explicou Damião.

De acordo com o secretário de Justiça e Cidadania, André Fernandes, a obra do Presídio de Rorainópolis é o convênio mais antigo do Governo de Roraima com o Departamento Penitenciário, setor ligado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, ficando parado por cerca de 10 anos e sendo retomado na atual gestão.

"O governador Antonio Denarium assumiu o compromisso de terminar essa obra. Tivemos que fazer alguns ajustes de segurança, em razão de ser uma planta antiga, mas já está em fase final de construção e acredito que, nos próximos meses, deverá ser entregue para a segurança pública do Estado, para que a gente possa usar no sul do Estado", explicou Fernandes.

Ainda segundo o secretário, com o novo presídio, o sistema prisional passará por redistribuição de reeducandos, já que há a previsão de transferências de internos para o novo presídio, com o objetivo de desafogar as unidades prisionais de Roraima.

O governador Antonio Denarium, disse que o novo presídio é mais uma vitória para a segurança pública do Estado, já que trará a estrutura necessária para o cumprimento de pena dos reeducandos e para o trabalho realizado pelos servidores da unidade prisional.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
22
4
Cadastrar-me Enviar Comentário
fabio disse: Em 26/08/2021 às 18:15:23

"2ª Turma Polícia penal: Um Estado que investe em segurança está em outro patamar."