Cantá assume a segunda posição em casos de Covid-19 no interior - Folha de Boa Vista
CORONAVÍRUS
Cantá assume a segunda posição em casos de Covid-19 no interior
O último boletim epidemiológico aponta que o município possui 95 casos confirmados e 124 notificações da doença
Por Ayan Ariel
Em 27/05/2020 às 12:10
Os dados também apontam que houve dois óbitos ocasionados pelo coronavírus no Cantá (Foto: Divulgação)

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) nessa terça-feira (26), o município do Cantá possui 95 casos confirmados, 124 notificações e dois óbitos por Coronavírus (Covid-19). Com isso, o município se torna a segunda cidade do interior de Roraima com o maior número de diagnósticos positivos da doença.

Rorainópolis segue sendo a localidade do interior do Estado com a maior incidência de casos, com o registro de 150 casos notificados, 117 pacientes com diagnóstico positivo para a Covid-19 e três mortes pela doença.

Pacaraima, que até essa segunda-feira (25) ocupava o posto de segundo município com o maior número de casos em Roraima, possui 94 casos confirmados, 145 notificações e dois óbitos.

Confira abaixo a evolução do número de casos nestes municípios durante a última semana:

AVALIAÇÃO DOS CASOS – Sobre a alta nos casos no município, a Secretaria Municipal de Saúde do Cantá disse que o aumento dos casos de Covid-19 no Município de Cantá se deu em função do grande número de testes rápidos e coletas de material para exame, sendo que foram feitos mais de 120 testes  e mais de 200 coletas para exame  nas pessoas do Município e realização do tratamento de saúde para Covid-19.

"Além disso, houve uma alta grande no número de pessoas de outros Municípios que veio para o Cantá em busca de testes, exames e medicação, causando sobrecarga no sistema de saúde" declarou a pasta, que acrescentou que outro fator para o aumento de  casos é o fato das pessoas não respeitarem o isolamento e o distanciamento social.

A secretaria afirma estar tendo que repor material, testes e medicação nos postos a cada dois dias e frisa que a equipe da Vigilância Epidemiológica faz testagem, coleta de material e atende a população.

"Em caso de informações, sintomas e testes, a pessoa pode ligar para uma linha direta com a equipe, pelo telefone (95) 99120-6473. Faz  o teste, quando sai o resultado, a equipe liga para o paciente. No caso dos exames darem positivo, a medicação é entregue na própria casa do paciente", .

Por fim, a secretaria destaca que, no município, há médicos atendendo nos postos de saúde e enfermeiro dando suporte e, na sede da pasta, uma médica está atendendo, inclusive por videoconferência e, em casos graves, ela vai até o paciente. Na zona rural, a população está recebendo todo suporte, com atendimento médico e acompanhamento de outros especialistas, além de testagem e medicação. Nesta quinta-feira (28), na vila Félix Pinto,será feito um mutirão visitando casa a casa para falar da importância da prevenção.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
0
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!