PUBLICIDADE
VILA TEPEQUÉM
Comando da PM nega fechamento de destacamento por falta de demanda
Elias Santana informou a FolhaWeb que policiamento no município está sendo reorganizado em razão do baixo efetivo existente na corporação
Por Folha Web
Em 07/07/2019 às 15:24
Comandante da PM em Roraima garantiu que moradores de Tepequém não ficaram desassistidos (Foto: Ascom PMRR)

Conforme adiantamos mais cedo, moradores de Vila Tepequém, situada no município de Amajari, Norte de Roraima, realizaram uma manifestação na manhã de sábado, dia 6, em razão do possível fechamento do destacamento da Polícia Militar na localidade.

Em resposta a reportagem, o comandante Geral da PM, coronel Elias Santana, negou que o Governo do Estado tenha intenção de fechar três destacamentos existentes no município, e que o baixo efetivo de policiais fez com que o órgão repensasse a forma de como poderia garantir os serviços a população

“Ninguém pode pagar o preço pelo fechamento da delegacia da Polícia Civil, mas o que acontece é que não temos efetivo fixo nas três localidades do município, que seria a sede da Vila Brasil, Trairão e o Tepequém. Apesar disso, nós continuamos a fazer o policiamento em Amajari de forma simultânea, e não há qualquer possibilidade de fechar destacamentos”, disse.

PUBLICIDADE

Segundo Santana, para garantir o funcionamento pleno dos destacamentos, seria necessário que cada localidade contasse com no mínimo 10 policiais. Apesar disso, ele enfatizou que a população não ficará desassistida das ações de policiamento desenvolvidas pelo órgão.  

“Nós não vamos deixar de atuar na área de Tepequém, muito pelo contrário. Nós estamos atuando simultaneamente nas três localidades, e onde houver um morador nesse Estado, a PM vai atuar”, completou.

VEJA MAIS

Delegacia de Amajari está fechada

***
Gostou?
3
2
Observador disse: Em 07/07/2019 às 19:00:07

"Enquanto isso, na sala de justiça, o que nao falta, s?o policiais lotados na ASSEMBLEIA legislatica, Ministério Publico, Forum, TJ. Encostados, no ar condicionado. E olha que s?o muuuuintos. Muitos mesmo !!!"