Moradores de Bonfim recebem atendimentos jurídicos nesta sexta-feira - Folha de Boa Vista
PRODUTORES RURAIS
Moradores de Bonfim recebem atendimentos jurídicos nesta sexta-feira
A ação acontece na Associação dos Agricultores Familiares do Projeto de Assentamento Alto Arraia
Por Folha Web
Em 17/06/2022 às 06:00
Para solicitar algum serviço, é necessário apresentar os documentos pessoais, comprovante de residência e de renda, caso possua (Foto: Divulgação/DPE)

Produtoras e produtores rurais, moradoras e moradores do município de Bonfim terão atendimento e orientação jurídica integral e gratuita pela Defensoria Pública (DPE-RR), nesta sexta-feira, 17, na Associação dos Agricultores Familiares do Projeto de Assentamento Alto Arraia (P. A. Alto Arraia), a partir das 9h.

Com a Van dos Direitos, a equipe da DPE Itinerante fará atendimentos e orientações na área de família e cível, como solicitação do Registro Civil (1ª via e 2° via), cumprimento de sentenças de alimentos, desarquivamento de processos, tomada de decisão apoiada, interdição/curatela, demandas no direito à saúde e divórcio sem bens.

Para solicitar algum serviço, é necessário que o solicitante apresente os seguintes documentos: CPF, RG, certidão de nascimento dos menores, comprovante de residência e de renda, caso possuam.

A ação terá novamente a parceria do Instituto de Identificação Odílio Cruz (IIOC) para realizar a solicitação de Registro Geral (RG), 1ª via ou 2ª via.

A equipe da DPE Itinerante fará atendimentos e orientações na área de família e cível, como solicitação do Registro Civil. (FOTO: Divulgação/DPE)

A meta da itinerante é levar os serviços da Defensoria até as localidades de difícil acesso no estado de Roraima. O defensor público-geral, Oleno Matos, explica que a iniciativa decorre da dificuldade dos moradores do interior no acesso das garantias dos próprios direitos.

“Para a nossa Instituição, levar esses serviços aos nossos agricultores representa mais uma oportunidade de estarmos conectados, notadamente, ao nosso público-alvo, formado pela parcela mais vulnerável da população. Para nós, poder servir estas pessoas é motivo de muito orgulho, porque nos credencia a falarmos que estamos trilhando o caminho certo para o desenvolvimento de nossas ações”, destacou Oleno.

Oleno também orienta que as pessoas interessadas em emitir a primeira via do RG devem apresentar o documento original e cópia da certidão de nascimento ou casamento e comprovante de residência. Não é preciso levar foto, pois a fotografia será feita durante o atendimento e o serviço é gratuito.

Já no caso da 2ª via, a pessoa interessada deve realizar primeiramente o pagamento do DARE, que custa R$ 54,93 - que é emitido pelo site da Secretaria de Fazenda (Sefaz)

Somente mediante ao comprovante de pagamento desta taxa, além dos documentos de identificação originais, será possível emitir a 2ª via do RG.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
0
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!