PUBLICIDADE
MANIFESTAÇÃO EM PACARAIMA
Parte do comércio decidiu fechar as portas neste sábado
O ato convocado pelos moradores segue de forma pacífica e acompanhado por entidades de segurança
Por Minervaldo Lopes
Em 17/08/2019 às 12:36
Parte das lojas não abriram as portas em razão da manifestação deste sábado, 17 (Foto: Aldenio Soares)

Em razão da manifestação dos moradores de Pacaraima, parte do comércio local decidiu abrir as portas neste sábado. A população cobrar uma maior atenção das autoridades federais em relação à segurança do município, que vem sendo afetada pela crise migratória.  

“Todos os dias o comércio de Pacaraima é alvo da criminalidade. Só este mês, por exemplo, o meu depósito foi furtado duas vezes, mais de R$ 30 a 40 mil de prejuízo. Esse pessoal que fica parada na frente das lojas fica vigiando a gente. É esse pessoal que precisa sair daqui”, disse um empresário do município.

A mobilização dos moradores foi iniciada por volta das 10h20. Com faixas e cartazes, eles percorreram vários pontos da cidade. A ação está sendo acompanhada por agentes da Força Nacional e de outras entidades de segurança. O ato segue de forma pacífica.

PUBLICIDADE

“Nós não somos contra os venezuelanos, e muitos deles recebem ajuda da população, mas tem muita gente que está aqui só para causar problema. Essas pessoas é que não merecem estar aqui”, completou outro manifestante.

Outras informações a qualquer momento na FolhaWeb.

Colaborou Aldenio Soares, enviado especial da Folha a Pacaraima.


VEJA MAIS

Moradores saem às ruas para cobrar por mais segurança
Exército reforça orientações para imigrantes

:

Foto: Aldenio Soares
Foto: Aldenio Soares
Foto: Aldenio Soares
Foto: Aldenio Soares
Foto: Aldenio Soares
Foto: Aldenio Soares
Foto: Aldenio Soares
Foto: Aldenio Soares
Foto: Aldenio Soares
Foto: Aldenio Soares
Foto: Aldenio Soares
Foto: Aldenio Soares
***
Gostou?
2
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!