PUBLICIDADE
DRAMA REAL
Cabeleireira pede ajuda para salvar a vida da filha
De acordo com ela, criança já teria TFD e transporte aéreo garantido, mas faltam vagas em hospitais de outros estados para a cirurgia
Por Minervaldo Lopes
Em 22/04/2019 às 17:30
Mãe de outras quatro crianças, a cabeleireira disse ainda que sua rotina mudou após a internação da filha. (Foto: Arquivo Pessoal)

A cabeleireira Maria do Nascimento Silva, de 37 anos, implora por ajuda para salvar vida da filha, Emanuelle do Nascimento Silva, de apenas três meses de idade. A pequena está internada desde o dia 29 do mês passado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital da Criança Santo Antônio (HCSA).

A FolhaWeb, Maria contou que Emanuelle possui Cardiopatia PCA, uma doença que afeta a comunicação da aorta com artéria pulmonar. A criança já teria Tratamento Fora de Domicílio (TFD) e o transporte por unidade aérea garantidos, no entanto, faltam vagas nos hospitais que possam realizar a cirurgia.

“A secretaria [de saúde] já disse ter como fazer a transferência, só que tudo depende de liberação de vagas em hospitais fora daqui. Enquanto isso, minha filha segue na UTI, respirando por meio de aparelho, e os batimentos cardíacos dela estão diminuindo a cada dia”, relatou.

PUBLICIDADE

Mãe de outras quatro crianças, a cabeleireira disse ainda que sua rotina mudou após a internação da filha. Ela deixou de trabalhar para acompanhar o estado de saúde de Emanuelle e só não está totalmente desamparada graça a ajuda da avó da menina.

“Já não sei mais para quem recorrer, pois minha filha está morrendo. Eu peço ajuda para qualquer autoridade que possa interceder por mim. A vida da minha filha depende dessa cirurgia”, completou.

A FolhaWeb entrou em contato com a Secretaria de Comunicação (Semuc) da Prefeitura de Boa Vista para saber como está sendo o acompanhamento da Secretaria Municipal de Saúde (Smsa) referente ao caso. A reportagem aguarda retorno.

***
Gostou?
0
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!