Campanha arrecada brinquedos e cestas básicas - Folha de Boa Vista
FAMÍLIAS CARENTES
Campanha arrecada brinquedos e cestas básicas
Ideia para ação surgiu de pensamento para finalizar semestre letivo de curso em faculdade local
Por Folha Web
Em 05/12/2018 às 00:02
Doações serão feitas na comunidade indígena Nova Esperança e para imigrantes venezuelanos no município de Pacaraima (Foto: Divulgação)

Faltando menos de um mês para o Natal, o Centro Universitário Estácio da Amazônia por meio do curso de Engenharia Civil promoveu uma campanha de arrecadação de brinquedos e cestas básicas. Agora as doações serão feitas na comunidade indígena Nova Esperança e para os imigrantes venezuelanos residentes no município de Pacaraima, localizado no norte do estado de Roraima, fronteira com a Venezuela. 

A coordenadora de Engenharia Civil da instituição e responsável por organizar a campanha de doações, Geny Bezerra, conta que com muito esforço a equipe conseguiu arrecadar cerca de 35 cestas básicas em 20 dias de ações. De acordo com ela, as doações têm por objetivo proporcionar um Natal mais feliz para as famílias carentes de Pacaraima e redondezas.

“Queríamos levar às famílias carentes uma ceia de Natal agradável para compartilhar com seus entes queridos. A ideia para a campanha surgiu de um pensamento meu para finalizarmos o semestre letivo com chave de ouro e em seguida uma aluna veio conversar comigo sobre a possibilidade”, contou.

Segundo Geny Bezerra, nove alunos do curso participaram diretamente da arrecadação e organização da ação, os demais ajudaram com doações. A coordenadora avaliou a ação como produtiva e gratificante e o arrecadado como satisfatório levanto em conta o empenho dos estudantes com o fechamento do semestre.

“A grande dificuldade foi o período de prova dos alunos, todos ocupados estudando, preocupados e mesmo assim se empenharam em ajudar e participar. Creio, que se fosse em outro período e com mais tempo, teríamos arrecado muito mais alimentos”, completou.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
0
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!