PUBLICIDADE
AGENTE SÓCIO-GERIÁTRICO 
Candidatos da lista de espera vão entrar com ação contra Setrabes
Eles dizem que Setrabes recontratou ex-servidores do seletivo de 2012 para o cargo de agente sócio-geriátrico
Por Edílson Rodrigues
Em 09/05/2019 às 01:30
Setrabes informou que pessoal da lista de espera será contratado conforme a necessidade (Foto: Arquivo Folha BV)

Candidatos classificados na lista de espera para o cargo de Agente Sócio-geriátrico, do concurso realizado pela Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social) em 2018, estão se mobilizando para entrar com ação no MP (Ministério Público Estadual) contra a Setrabes. Segundo eles, a Secretaria está recontratando servidores do seletivo de 2012 para assumirem a função de agente sócio-geriátrico de forma comissionada, no Abrigo do Idoso, ao invés de convocar o pessoal da lista de espera.

Lucélia Freitas, aprovada na lista de espera, explicou que a Setrabes, em cumprimento a um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) assinado com o MP (Ministério Público Estadual), exonerou todos os seletivados que entraram em 2012, para que desse posse aos concursados. “Até ai tudo bem, se ela [secretaria] não estivesse recontratando pessoal do seletivo e que já foi exonerado para atuar como sócio-geriátrico no Abrigo do Idoso. Por que não chamar a gente da lista de espera?”, questionou. 

“Existe um concurso público vigente que vence este ano, prorrogável por mais um ano. Se tem candidato na lista de espera, a secretaria não pode preterir os da lista de espera que fizeram o concurso em prol de comissionado”, ressaltou. Lucélia afirmou que teve acesso à escala de plantão do Abrigo do Idoso do mês de abril e percebeu que existem dois ex-servidores que foram exonerados em março e retornaram como comissionados.

PUBLICIDADE

Setrabes diz que idosos sentiram falta dos recontratados 

A secretária-adjunta da Setrabes, Geisla Ferreira, afirmou que os classificados na lista de espera serão chamados conforme a necessidade. “De fato fizemos a recontratação de três ex-servidores do seletivo para atuarem como apoio e não como agente sócio-geriátrico”, disse.

A recontratação, segundo ela, foi pelo fato de entender que os idosos têm uma saúde emocional frágil e se apegam fácil as pessoas. “Ouvimos a psicóloga do Abrigo do Idoso, que nos relatou que alguns idosos pararam de comer e outros não queriam tomar banho com os agentes sócio-geriátricos contratados do concurso para exercerem as funções”, comentou a secretária-adjunta.

“Então recontratamos esses ex-seletivados que já trabalhavam com esses idosos, para atuarem como apoio. E fizemos isso não foi simplesmente para satisfazer a vontade desses idosos, mas foi pela saúde emocional e qualidade de vida dele, de aconchego, pois o vínculo já havia sido criado entre o idoso e o profissional que cuidava dele. O sócio-geriátrico vai desenvolver sua função normalmente, mas com apoio desse pessoal que recontratamos”, esclareceu Geisla.

SÓCIO-ORIENTADOR – Quanto aos agentes sócio-orientadores, Geisla explicou que quando assumiram a gestão da Setrabes foram ao MP, que fez uma recomendação via ofício de desvio de função. “Observamos que tanto agente sócio-instrutor quanto agente sócio-orientador nós tínhamos um quantitativo muito bom já no chamamento do concurso, a maioria deles estava assumindo suas funções, mas muitos com desvio de função”, ressaltou.

Geisla disse que ao perceberem o grande número de desvio de funções, o sindicato e todas as unidades onde eles exercem suas funções foram notificados. “Com isso regularizamos com o quantitativo que estava realmente sendo necessário e conseguimos absorver e suprir a demanda, e estamos administrando com os plantões e diárias”, comentou. (E.R.) 

***
Gostou?
7
2
ORÇAMENTO PRA PM disse: Em 09/05/2019 às 21:35:09

"Recontratou os seletivados porque os idosos sentiram falta???? Kkkk só pode ser piada dessa mulher, alô ministério público vao deixar essa barbaridade em pune?... isso é o que da botar as cunhadas pra trabalhar sem ter o minimo de qualificaçao pro cargo..... SLOGAN DENARIUM: CADA DIA PIOR .... #chuvadecomissionado"

Jhone Oliveira disse: Em 09/05/2019 às 11:22:46

"Sempre que temos envolvidos em alguma questão servidores concursados(efetivos) de um lado e o atual governo do outro, sem exceção encontramos essas desculpas esfarrapadas, desde que assumiu o estado o Imperador Denarium vem subjugando, desmerecendo e ou maltratando os efetivos, vivemos um verdadeiro massacre, uma perseguição sem fim é como se fossemos eleitos os causadores das piores mazelas do mundo, na Saúde tirou as gratificações dos técnicos vive dizendo que esta secretaria está cheia de corruptos de contratos ilícitos mas não dá nomes e não toma providências e simplesmente joga acusações ao vento, na Segurança cancelou promoções da PM e o concursos da Civil e na PM os animais da cavalaria não morrem de fome pela dedicação dos efetivos de farda que correm atrás do capim e no canil fazem vaquinhas tirando do próprio bolso para alimentar os cães, viaturas sem combustível ou quebradas, para não pagar os planos de carreira e salários das autarquias diz que as leis são inconstitucionais e usa a lei revogada para efetuar os pagamentos e o mais engraçado é que desses servidores alguns têm o direito a progressão do salário e quando o servidor pede essa progressão é informado que não pode ser pago porque a lei anterior foi revogada mas a lei nova é válida, ou seja uma verdadeira aberração jurídica, demitiu servidor concursado sem justa causa(Codesaima), na própria Setrabes o Imperador queria cancelar o concurso, mas graças à Deus não vivemos em uma monarquia como pensa o Imperador e o judiciário tem feito o seu papel corrigindo essas aberrações, se arrependimento causasse óbito provavelmente eu estaria enterrado já a algum tempo, mas tenho fé em DEUS que nunca mais na minha vida me deixo enganar com político dessa espécie"

fabio disse: Em 09/05/2019 às 18:35:25

"Eu tbm ja estaria morto! So enganação, vou falar p o Sr Jair Bolsonaro, ate ele esta se enganando..."

fabio disse: Em 09/05/2019 às 08:43:37

"Para q vcs tem psicólogos no quadro? Acho q é p tratar as pessoas quando tem perdas, olha q essa perda já faz um bom tempo...governo q vive travando o lado dos concurseiros...nao vai longe assim, muda, ainda da tempo....fika a dica!"