RORAINÓPOLIS
Casal flagra ladrão furtando residência e é esfaqueado
Por João Barros
Em 13/03/2018 às 00:38
Foto: Divulgação

Um casal viveu momentos de terror na madrugada do último domingo, dia 11, ao chegar em sua residência, localizada na rua Anauá, bairro Andaraí, no município de Rorainópolis, cerca de 290 quilômetros de Boa Vista, na região sul do Estado. Eles acabaram reagindo e foram esfaqueados pelo indivíduo. Apesar do susto, ninguém corre risco de morte.

Na tarde de ontem, dia 12, em entrevista à Folha, a vítima contou que ela e o esposo estavam num evento e retornaram no começo da madrugada para casa. Quando abriram o portão, perceberam que seus pertences estavam revirados. O esposo encontrou o ladrão dentro do imóvel e ambos iniciaram luta corporal. O criminoso, armado com uma faca, desferiu alguns golpes que cortaram as mãos e por fim perfurou as costas da vítima.

Vendo a possibilidade de o bandido matar o esposo, a mulher também partiu para cima do indivíduo e teve um corte no supercílio. “Eu me deitei por cima do meu marido e comecei a gritar. Eu ouvi uma mulher até a porta e dizer “corre”, o que me faz acreditar que eles estavam organizados para praticar o roubo”, contou.

O caso que inicialmente se tratava de um furto acabou se configurando como roubo, tendo em vista que as vítimas foram feridas e seus pertences roubados. “Eu trabalho vendendo roupas e uma caixa cheia foi levada, além da geladeira”, explicou.

A Polícia Militar foi acionada e chegou em alguns minutos porque estava atendendo uma idosa que tinha acabado de ser roubada em via pública há alguns metros da casa furtada. “Rorainópolis está terrível. Nessa região onde eu moro estão acontecendo muitos crimes. Além de minha casa arrombada pela porta da cozinha e a idosa roubada, a padaria que fica aqui perto já foi roubada três vezes”, ressaltou.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil, a fim de que as investigações sejam iniciadas e os autores do crime presos. “Ainda bem que meu filho não estava com a gente na hora que chegamos em casa. Hoje que fui buscá-lo e chorei muito porque é muito triste o que vivemos. Se os policiais prenderem o bandido já me ajuda muito. Por coincidência uma vendedora de roupas também foi roubada no mesmo dia que eu”, acrescentou. Até o fim da tarde de ontem, nenhum suspeito do crime tinha sido preso. (J.B)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!