ALTO ALEGRE
Caseiro desaparecido há 4 dias ainda está vivo, diz família
Reinaldo da Silva Viana, de 59 anos, está desaparecido desde sexta-feira (30), em região de mata fechada, no município de Alto Alegre.
Por Folha Web
Em 03/04/2018 às 18:30

O caseiro Reinaldo da Silva Viana, de 59 anos, está desaparecido desde sexta-feira (30), em região de mata fechada próxima à fazenda onde trabalha, localizada no município de Alto Alegre. Informações de familiares apontam que ele ainda está vivo.

De acordo com a cunhada de Reinaldo, Keem Braz, ele teria saído da fazenda para caçar o almoço, a cavalo, por volta das 9h, da última sexta-feira (30), e não retornou mais.

Em uma das buscas para localizar Reinaldo, familiares encontraram o óculos do caseiro. Keem deduz que ao perder os óculos, usados para tratar de problema de astigmatismo elevado, no meio do caminho, acabou andando pela mata com a visão comprometida até não saber mais onde estava.

No sábado (31) pela manhã, o caseiro da fazenda ao lado ajudou nas buscas por Reinaldo, mas apenas o cavalo foi encontrado. Ainda, segundo sua cunhada, Reinaldo deu um tiro para o alto para avisar que está vivo e para não desistir dele nesta segunda-feira (2).

“Ele está sem comida e sem bebida, e vem sobrevivendo nestes dias aguardando pelo resgate dos bombeiros”, relatou Keem.

O Corpo de Bombeiros Militar de Roraima (CBMRR) informou à Folha que foi acionado no sábado, depois das tentativas sem sucesso de buscas pelo caseiro pela própria família e amigos. Uma equipe do CBMRR com três militares se deslocou para a região nas primeiras horas de domingo (1).

“Os bombeiros militares enviados para a buscas do senhor Reinaldo são experientes e acostumados a realizar buscas em matas fechadas. Eles foram equipados com todos os materiais e equipamentos necessários para permanecer nas buscas durante vários dias”, afirmou a assessoria do CBMRR.

A equipe já encontrou alguns pertences da vítima e vestígios de uma fogueira. No dia de hoje (3), a equipe de buscas dos bombeiros foi reforçada com mais um Bombeiro.

“Não podemos destacar mais militares para realizar a busca do Senhor Reinaldo por que estamos com mais duas ocorrências de buscas de perdidos na mata em andamento, uma no município de Mucajaí e outra no município de Rorainópolis, com equipes distintas”, finalizou o CBMRR, em nota.

A assessoria de comunicação do Exército Brasileiro informou no início da noite de hoje (3), que nesta quarta será enviada uma equipe de militares para também colaborar nas buscas pelo caseiro.

AMAZONPROJETE disse: Em 31/07/2018 às 19:44:21

"Gente essa noticia está completamente errada, ele não era Caseiro e sim Marido da Hava Portela, a Filha da Proprietária da Fazenda . Morava em Manaus , Empresário do Ramo de Comunicação Visual, usava óculos sim , mas não tinha grave problemas de visão, Estava a passeio e averiguando a divisa da fazenda, os Bombeiros demoraram muito a chegar no local, a busca foi feita por um efetivo muito pequeno, foi solicitado o cão farejador, o qual foi negado na buscam sendo disponibilizado e levado apenas para o reconhecimento do corpo, uma operação completamente desorganizada, dada como fracassada por onicompetência das autoridades e do comando de Busca . Hoje se recusam a apresentar laudos ou informes sobre o caso por medo de constituir provas contra eles da péssima operação . Este estado está completamente despreparado para este tipo de situação. Faremos justiça com relação a este caso para que não venha mais ocorrer tal descaso com outras vítimas . "