PUBLICIDADE
CULINÁRIA
Chef de cozinha ensina como preparar ceia para Réveillon
Denise Rohnelt explica como fazer receitas deliciosas e ainda economizar na cozinha.
Por Folha Web
Em 27/12/2018 às 13:01
Juntar a família para cada um trazer um prato também ajuda a economizar na ceia de Réveillon (Foto; Arquivo Folha BV)

YARA WALKER
Colaboradora da FolhaWeb

As festas de ano novo são marcadas por superstições, simbologias e tradições, tanto nas cores como na culinária. E para quem quer fazer o próprio bufê e ainda economizar na cozinha deve ficar atento na hora das compras. A chefe de cozinha Denise Rohnelt, da coluna Letras Saborosas da Folha de Boa Vista, explica como fazer a ceia em casa e economizar no réveillon.

É tradição. Nada de aves que ciscam para trás, explica Denise. “Não se deve fazer uma ceia com frango nem peru, pois esses animais ciscam pra trás e simbolizam má sorte. As pessoas podem optar por peixe que é uma coisa nossa amazônica, e um peixe cozido ou peixe assado cai bem para quem quer economizar. ou então porco que tem a superstição de que ele ‘fuça’ para frente”, afirma.

Outra dica importante da Chef é procurar ingredientes da terra e tentar baratear com o que tem em casa ou pesquisar no supermercado pelos menores preços. “Se não tiver dinheiro para o pernil substitui pelo presunto que também é de porco e depois do natal baixa de preço. E não desperdiçar comida, juntar a família para cada um trazer um prato, isso também ajuda a economizar e começa o ano compartilhando que também é uma coisa boa”, afirma.

E para aqueles que adoram superstições, Denise afirma que as mais conhecidas são as que simbolizam prosperidade, como comer lentilha.  “Tem também a superstição da uva, segundo a tradição deve-se guardar 12 caroços de uva, num papel e colocar na carteira, que correspondem aos doze meses do ano e simbolizam prosperidade, isso também pode ser feito com o caroço de romã ou folha de louro.

Denise Rohnelt Araujo é  jornalista, colunista e chef de cozinha (Foto: Néia Dutra/Folha BV)

CEIA COMPLETA - Por fim, Denise sugere, “Faça arroz com lentilha e porco e tempere com canela que simboliza o pedido de amor, põe o loiro no tempero, e a cidra para acompanhar a ceia que pode substituir o espumante. E você pode fazer um prato único com toda essa simbologia, amor,saúde, prosperidade, dinheiro no bolso. E pro roraimense nesses últimos dias o que se precisa é de dinheiro no bolso” reforçou.

A chef  de cozinha ensina como preparar Caldeirada de Surubim que deve custar apenas 70 reais.

CONFIRA A RECEITA:

INGREDIENTES:

02kg de surubim em postas

01 maço de cebolinha verde

01 maço de coentro

500g de tomate sem pele e sem semente

500g de cebola

05g de pimenta de cheiro

05 ovos cozidos

500g de batata cozida e cortada em pedaços grandes

04 colheres de sopa de azeite de oliva

03 litros de água

04 limões

20g de alho

Sal e pimenta ao gosto

MODO DE FAZER:

Limpe o peixe já cortado em postas e lave com limão. Deixe marinar em um pouco de azeite com alho. Leve a água ao fogo com o restante do azeite e com parte dos temperos cortados em pedaços grandes (cebola, tomate, coentro, cebolinha e pimenta de cheiro), sal e pimenta. Quando ferver, acrescentar as postas de peixe, abaixar o fogo e deixar cozinhando por 15 minutos.

Antes de retirar do fogo, acrescente a batata e o restante dos temperos. Antes de servir acrescentar os ovos cozidos.

Sirva bem quente com arroz branco e pirão escaldado.

Pirão Escaldado:

500g de farinha d’água fina

Retire um pouco do caldo quente e vá engrossando aos poucos com a farinha d’água. A farinha tem que ficar bem umedecida com o sabor do caldo do peixe, não pode ficar seca, parecida com uma polenta mole.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!