Classe política de Roraima precisa se Unir contra desocupação, diz Quartiero - Folha de Boa Vista
SEDE DE PACARAIMA
Classe política de Roraima precisa se Unir contra desocupação, diz Quartiero
Vice-governador sugere a criação de uma frente de defesa e sugere que governadora Suely Campos conduza o processo
Por Vanessa Vieira
Em 09/03/2016 às 00:23
Vice-governador de Roraima, Paulo César Quartiero: alerta aos políticos (Foto: Diane Sampaio)

A Ação Cível Originária (ACO) 499, que pede a retirada de todos os não índios da área urbana de Pacaraima, na região Norte de Roraima, e tramita desde 1996 no Supremo Tribunal Federal (STF), está perto de ser levada a julgamento pelo pleno do STF, quando o ministro relator Marco Aurélio Mello fará a leitura do seu voto, que já estaria pronto.

Em entrevista à Folha, o vice-governador de Roraima, Paulo César Quartiero (sem partido), disse que está preocupado com a situação. “Nosso Estado está prejudicado pelo Governo Federal, que vem aqui demandar terras e agora podemos ter o ultraje final, que é essa questão da retirada dos não índios dos nossos municípios”, comentou.

Quartiero lembrou que já se reuniu por três vezes com Marco Aurélio Mello, sendo duas como deputado federal e uma como vice-governador. “Eu tenho esperança de que o ministro Marco Aurélio dará um voto favorável a nós. Lembro que na questão da Raposa ele foi o único que votou conosco, discordante da maioria do Supremo. Tenho esperança de que ele vai atender aos interesses da população”, afirmou.

Ele disse que foi surpreendido pela informação de que o voto de Mello já estaria pronto e que estaria para entrar na pauta. “Depois disso, alertei os oito deputados federais, os três senadores e a governadora Suely Campos. Procurei o pessoal da Frente Parlamentar de Agricultura, onde tenho amigos. Liguei para o ministro Aldo Rebelo [da Defesa] e pedi apoio a ele, que conhece muito a região e é nacionalista”, frisou.

Para o vice-governador, a saída é mobilizar a classe política de Roraima. “Acho que o caminho natural disso aí é a governadora. Ela é a autoridade máxima do Estado, deve reunir todo mundo, independentemente de partido, de eleição”, comentou, reiterando que os parlamentares federais não se negariam a participar de uma frente em defesa do Estado. “Roraima já foi sacrificado demais, não aguenta mais. É um golpe mortal para o nosso Estado. Não podemos nem pensar na possibilidade de essa ocupação acontecer”, completou.

Quanto à reunião que a governadora Suely Campos terá com o ministro Marco Aurélio Mello amanhã, 10, em Brasília, Quartiero avaliou que ela deve conversar com os demais ministros do STF. “O Marco Aurélio já tem o voto dele. Tem que ver como os outros vão votar. Esse é um assunto extremamente sério para Roraima e para o Brasil. Ela teria que ir lá com o ministro Aldo solicitar uma audiência com a presidente Dilma”, sugeriu.

Reafirmou que toda a bancada política deve se reunir. “A presidente Dilma está fragilizada com essa situação de impeachment. Então é hora de cobrar definições quanto às problemáticas de Roraima”, disse.

Para o vice-governador, que tem forte ligação com Pacaraima e já foi prefeito da cidade, o município é extremamente estratégico para o Brasil, pois é a única ligação do País com o hemisfério Norte. “É a presença do Brasil no hemisfério Norte, possibilidade de reintegração latino-americana. Acredito que se houver a decisão pela retirada, vai ser uma pá de cal para o nosso Estado. Aí poderemos reconhecer realmente que o Estado de Roraima já era”, concluiu. (V.V)

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
0
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
Ilca Céris Gomes disse: Em 10/03/2016 às 00:10:54

"Colegas Carlos Alberto e Gaúcho: Quero lembrar-lhes que 60% do nosso estado já pertence aos índios, e que o vice governador, senhor Quartiero era o maior fazendeiro na raposa serra do Sol e perdeu 3.000 funcionários e teve que fechar uma escola que a fazenda dele patrocinava por causa da demarcação..... Acho que Roraima já deu sua contribuição para os índios.... Se a demarcação continuar, roraima vai virar um grande malocão....Perderemos todos... nossas casas, nossos negócios para os índios....Será que é isso que queremos? vamos apoiar o Quartieiro sim!!!! de todos os que estão lá em Brasília, até agora ele e o único que está lutando a favor do nosso Estado (quero deixar claro que votei em branco.....e que não tenho cargo comissionado....só estou falando o que acho justo!!!!.)"

carlos alberto da silva oliveira disse: Em 09/03/2016 às 12:43:14

"o senhor é o primeiro a romper com o que não o interessa e sempre fica pedindo união... vai comprar uma enxada... "

Gaucho disse: Em 09/03/2016 às 15:03:07

"Carlos Alberto da Silva Oliveira! Você deveria pegar sua BOROCA e ir morar com os ÍNDIOS, mas não esqueça de levar muita CACHAÇA! Senão você não vai ser bem aceito! Otário."