CARNAVAL
Comidas fazem ambulantes festejarem vendas durante período carnavalesco
Por Folha Web
Em 12/02/2018 às 01:25
As barracas com comidas variadas abastecem os foliões e animam os comerciantes (Foto: Diane Sampaio)

Os ambulantes estão espalhados por toda a Praça Fábio Marques Paracat, onde acontece o carnaval de rua em Boa Vista. Eles apostam nas comidas artesanais para o sucesso nas vendas e até comemoram o resultado dos três primeiros dias. As barracas oferecem variedades que vão desde comidas típicas a doces e salgados para agradar os foliões.

Eles afirmam que foram cadastrados pela prefeitura e seguem as recomendações e exigências para a venda de comidas. Trabalhando como ambulante há 18 anos, Cássia Santos Sobral, 48 anos, disse que a comida vendida por ela é caseira, como se estivesse fazendo para sua família.

“É impossível ver os blocos passarem. O movimento tem sido bom e rapidamente vendo tudo e tenho que repor a comida. Graças a Deus tenho faturado bem nesses primeiros dias de festa”, comentou.

ESTRUTURA – Os foliões contam com 15 barracas onde são comercializados pratos da culinária regional. Há ainda, 95 espaços com ambulantes distribuídos ao longo da Avenida Ene Garcez.

Agentes da Secretaria Municipal de Saúde divulgam aos brincantes ações relativas a Doenças Sexualmente Transmissíveis DSTs, HIV/Aids e a importância do uso de preservativos. Também são distribuídos mais de 20 mil preservativos masculinos e femininos.

DA CRIANÇA – Durante as cinco noites de folia, equipes da Secretaria Municipal de Gestão Social (Semges) fazem rondas para combater o trabalho infantil, além de ofertar atividades lúdicas em espaço montado na Praça de Eventos Fábio Marques Paracat especialmente para elas.

No local, também foi montado o cantinho da amamentação e o fraldário, para que mães e bebês tenham espaço tranquilo e aconchegante durante a festa. (E.S)

Especialista alerta sobre alimentação

O Carnaval chegou e ainda tem dois dias de folia! Manter o pique com energia e corpo saudável é essencial! Assim, cuidar da alimentação faz a diferença.

Segundo a nutricionista, Elucilda Pinto, é preciso saber se alimentar bem, para não passar nenhum aperto durante a festa. “Ao ingerir comidas apropriadas, mantemos o organismo funcionando corretamente e evitamos o desgaste corporal”.

Ela diz ser importante focar no consumo de carboidratos simples. Pães, torradas, macarrão e barras de cereais são boas opções antes da agitação. Ela aconselha manter distância de gorduras e frituras, que podem causar mal-estar e atrapalhar a digestão.

A hidratação deve ser levada a sério, para repor a perda de líquidos e garantir a boa saúde. “O indivíduo deve se manter hidratado. Isso ajuda na absorção de nutrientes, regula a temperatura corporal e o funcionamento adequado do organismo”, informa Elucilda.

A regra também vale para evitar desconfortos com o consumo de bebidas alcoólicas: sempre intercalar a bebida alcóolica com a ingestão de água, para diminuir a chance de mal-estar. Além de não beber com o estômago vazio e evitar o exagero!

Também é importante que a pessoa não deixe de fazer todas as refeições, incluindo os lanches intermediários, que devem ser feitos com frutas, cereais integrais, sucos, etc.

A dica para curtir e se sentir bem, é se alimentar de coisas leves e ricas em vitaminas e proteínas. “Não é bom comer nada pesado, como sarapatel ou feijoada. A alimentação deve ser leve, com frutas, verduras, frango e acompanhamento também leve. Assim o folião curte tranquilo e mantém a saúde sem preocupações”, destaca a nutricionista. (E.S)

Ambulantes tiveram treinamento para manipular comidas

Para orientar a produção com qualidade, a Fundação de Educação, Turismo, Esporte e Cultura (Fetec), promoveu treinamento sobre boas práticas e manipulação de alimentos e informações para pessoas que comercializam alimentos e bebidas no Carnaval 2018.

O curso foi para todos que ocupam espaços disponibilizados pela prefeitura para os dias de festa. Além disso, orientação sobre questões, como horários que devem ser cumpridos, montagem da estrutura e fiscalização da Vigilância Sanitária.

As informações a respeito das práticas e cuidados com o preparo dos alimentos foram repassadas pela equipe da Vigilância Sanitária Municipal. As orientações garantem a proteção dos consumidores; o aperfeiçoamento das ações de conteúdo sanitário na manipulação de alimentos; e proporcionam a melhoria das condições higiênico/sanitária dos alimentos ofertados ao consumidor.

Os fiscais da Vigilância Sanitária participam do Carnaval 2018, verificando o cumprimento das boas práticas de manipulação do alimento por ambulantes e barraqueiros. (E.S)

***
Gostou?
0
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!