DIREITOS HUMANOS
Comissão visita unidades que acolhem venezuelanos em RR
Formado por quatro pessoas, o grupo esteve acompanhando as ações em Pacaraima
Por Minervaldo Lopes
Em 07/11/2018 às 13:01
Membros da Comissão Nacional de Direitos Humanos durante visita a Pacaraima (Foto: Operação Acolhida)

Membros da Comissão Nacional de Direitos Humanos (CNDH) estão desde ontem, 6, realizando uma série de visitas as estruturas destinadas ao acolhimento de venezuelanos no Estado.

Formada por quatro pessoas, a equipe esteve em Pacaraima para conhecer as instalações montadas pela Força Tarefa Logística Humanitária e as ações humanitárias desenvolvida nos abrigos pelas Organizações Não Governamentais (Ongs).

Hoje, o grupo visitou a Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (Pamc) para verificar a situação de estrangeiros que estão cumprindo pena na unidade. Os membros da CNDH também visitaram o Centro de Referência ao Imigrante montado na Universidade Federal de Roraima (UFRR).

Agora pela tarde, a comitiva deve visitar os Abrigos Rondon 2, no bairro Treze de Setembro, e o abrigo localizado no Palácio Latife Salomão. Um documento deve ser confeccionado pela equipe, que deixará o Estado ao final do dia.

Foto: Operação Acolhida
Foto: Operação Acolhida
Foto: Operação Acolhida
***
Gostou?
2
5
LEITOR DO FBV DIARIO disse: Em 07/11/2018 às 17:53:33

"Direitos humanos vocês são um brincante mesmo... Só visitar, não vai por a mão na massa não? Brincadeira vocês"

Cristiano Lira disse: Em 07/11/2018 às 23:46:54

"Cada uma"

Damiao disse: Em 07/11/2018 às 17:16:41

"Aproita e vão la nos Hospital, pois tem muitos la também."

Najla disse: Em 07/11/2018 às 14:25:02

"Também irão visitar os funcionários públicos que estão há meses sem salário, muitos passando necessidade?"

Roraima disse: Em 07/11/2018 às 14:19:38

"Direitos humanos voltados exclusivamente para imigrantes. Foram na penitenciária visitar os imigrantes infratores, mas não existem direitos humanos para visitar as vitimas dos infratores."

Castro disse: Em 07/11/2018 às 14:11:53

"Esse grupo visitou as escolas públicas do estado, visitou as famílias vítimas desses criminosos ? Com certeza não. Enquanto o Brasil admitir que essas ONGs e direitos dos manos tenha voz em pró dos criminosos não vamos ter um futuro melhor."