CORREIOS
Consumidores em RR reclamam de atraso na entrega de mercadorias
População denuncia descaso nos serviços
Por Michel Sales
Em 16/05/2018 às 21:20
(Foto: Pesquisa por imagem)

Se você utiliza os Correios com frequência, provavelmente notou a piora nos serviços de entrega das correspondências e encomendas.

Os corriqueiros atrasos têm chamado atenção de consumidores em Roraima e de todo o país, embora as taxações só tenham aumentado. A lentidão para os serviços mais básicos, como cartas registradas, PAC e Sedex, por exemplo, fez com que centenas de leitores da Folha Web denunciassem o problema.

A demora para receber as correspondências e mercadorias vem gerando descontentamento em remetentes e destinatários que esperam um serviço de qualidade e cumprimento dos prazos estabelecidos.

"A População em Roraima precisa saber da verdade sobre o que acontece com a lentidão, há anos, dos serviços dos Correios. Por que demoram tanto tempo para entregar correspondências? Eu, por exemplo, espero desde fevereiro algumas encomendas que solicitei por priority mail, que é o custo mais alto e deveria chegar mais rápido, e até hoje nada”, destacou um morador do bairro Aparecida, zona Leste de Boa Vista, que também ressaltou nunca mais ter visto o carteiro da localidade.

Na internet, o site Reclame Aqui destacou significativo aumento de reclamações, em particular, por atraso nas entregas, onde o sindicato da categoria justificou que os atrasos são reflexo do déficit de funcionários.

INDENIZAÇÃO - Na maior parte dos casos levados ao Judiciário se tem entendido que o atraso na entrega é mero dissabor, simples aborrecimento. No entanto, diversas situações onde há atraso podem gerar consequências que vão além da frustração, então, comprovado o dano moral no caso concreto, caberá aos Correios indenizar o consumidor.

PROCEDIMENTOS - Se o prazo de entrega do objeto estiver expirado, deve-se registrar uma reclamação no Fale com os Correios, através dos canais de atendimento ao consumidor, no prazo de até 30 dias, a contar da data prevista de entrega.

Os Correios indenizam os clientes com devolução progressiva sobre os valores pagos na postagem por eventuais serviços não prestados, atraso na entrega, devolução ou entrega indevidas ou, ainda, por inconformidades que comprometam a integridade do conteúdo do objeto, como avaria, espoliação, extravio, roubo, etc.

A reportagem procurou a assessoria dos Correios em Roraima para dar uma resposta sobre a situação, mas não obteve retorno. A Folha permanece a disposição para esclarecimentos.

***
Gostou?
1
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!