Contrariando índice nacional, vendas foram abaixo do esperado em Boa Vista - Folha de Boa Vista
DIA DOS PAIS
Contrariando índice nacional, vendas foram abaixo do esperado em Boa Vista
Na semana anterior ao domingo dos pais, vendas cresceram 2,5% em relação ao mesmo período de 2016
Por Folha Web
Em 16/08/2017 às 01:47
Com poucas vendas, número de trocas de presentes também é pequeno (Foto: Hione Nunes)

O Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio – Dia dos Pais 2017 mostrou a retomada do desempenho nas vendas no Dia dos Pais em todo o Brasil após dois anos consecutivos de resultados negativos. Segundo o indicador, na semana de 07 a 13 de agosto, as vendas cresceram 2,5% em relação ao mesmo período do ano passado. Durante o final de semana, de 11 a 13 de agosto, a alta foi de 1,3% em todo o país, na comparação com o mesmo período do ano de 2016. Porém, contrariando o crescimento nacional, em Boa Vista, as vendas foram muito abaixo do esperado.

Na Avenida Jaime Brasil, uma das mais movimentadas e tradicionais ruas do centro comercial de Boa Vista, os lojistas afirmam que as vendas da semana do Dia dos Pais foram muito fracas. “Esperávamos que as vendas deste ano fossem melhores, mas não foi isso que aconteceu”, afirmou o gerente de uma loja de roupas masculinas, Gilmar Alexandre.

Segundo os lojistas, nem mesmo as ações realizadas pelas lojas foram suficientes para alavancar as vendas na capital. “No ano passado, vendemos bem mais. Este ano abrimos no domingo e só atendemos três clientes durante todo o dia. Compramos até uma televisão para sortear, mas isso não atraiu mais clientes para a loja”, contou o gerente de uma loja de calçados, Edmar Carvalho.

Com as baixas vendas, o movimento de trocas também está abaixo do esperado. “Antigamente, o dia seguinte das datas comemorativas era somente para a realização de trocas aqui na loja. Hoje, com o movimento fraco, as trocas também diminuíram bastante”, disse Edmar.

Para o presidente da Associação Comercial e Industrial de Roraima (ACIR), Jadir Correia, os comerciantes de Roraima não sentiram o crescimento das vendas, como em outros estados. “Não temos nenhuma pesquisa oficial sobre as vendas na capital, porém, como comerciante, senti que realmente não houve aumento”, disse.

Segundo o presidente da ACIR, o Serviço de Proteção ao Crédito de Roraima observou uma considerável diminuição do número de negativados no Estado, possivelmente por conta do ingresso dos recursos das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). “As negativações diminuíram bastante, o que quer dizer que as pessoas usaram o dinheiro para pagar as contas atrasadas, porém o comércio ainda não sentiu crescimento. Esperamos que isso mude até o final do ano”, comentou Jadir.

BRASIL – De acordo com os economistas da Serasa Experian, a queda na inflação, a redução dos juros e o ingresso dos recursos das contas inativas do FGTS contribuíram para o resultado positivo nas vendas do Dia dos Pais após dois anos de retração. Na cidade de São Paulo, as vendas realizadas na semana do Dia dos Pais subiram 1,0% ante a mesma semana do ano passado. Entre a sexta e o domingo deste ano, a alta foi de 3,9%, em relação ao período equivalente de 2016. (R.D)

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
0
2
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!