PUBLICIDADE
IGARAPÉ MIRANDINHA 
Venezuelano é espancado até a morte e corpo é jogado em vala
O acionamento das equipes da polícia ocorreu por volta das 12h
Por João Barros
Em 17/05/2019 às 00:15
A vítima foi identificada no fim da tarde de ontem como Raniel Jose Martinez (Foto: Aldenio Soares)

No fim da manhã dessa quinta-feira, dia 16, a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de achado de cadáver dentro da galeria do Igarapé Mirandinha, no bairro Canarinho. Populares que passavam pela Avenida Ville Roy avistaram o corpo imóvel e depois de observarem com mais atenção, notaram que se tratava de um cadáver. A vítima foi identificada como Raniel Jose Martinez, de 19 anos.

Os policiais isolaram a área até a chegada das equipes do Corpo de Bombeiros, que fez o resgate, dos peritos e do Instituto de Medicina Legal (IML) e agentes da Delegacia Geral de Homicídios (DGH).

PUBLICIDADE

Durante o trabalho pericial, nenhum sinal de violência aparente foi percebido, como marcas de perfurações, mas no IML, o médico-legista concluiu que a morte foi causada por traumatismo craniano e que a vítima foi espancada a ponto de ter lesões no pulmão e no fígado.

Dentro de um dos bolsos da bermuda que a vítima usava, a perícia encontrou uma carteira porta-cédulas com seus documentos pessoais. Uma mochila com alguns pertences do jovem, incluindo roupas e boné, foi encontrada nas proximidades da galeria.

Com os exames realizados pelo Instituto de Identificação, foi possível concluir que o corpo era de fato do jovem de origem venezuelana que faria 20 anos em agosto. Os familiares devem comparecer à sede do IML para fazer reconhecimento e liberação do cadáver para sepultamento. As investigações do caso ficarão sob a responsabilidade da DGH. (J.B)

***
Gostou?
8
8
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!