SAÚDE
Cozinhar com banha de porco tem benefícios para a saúde
Diferente do que muitas pessoas acreditam, a banha de porco possui uma série de nutrientes que são benéficos à saúde
Por Raisa Carvalho
Em 04/06/2018 às 07:07
O médico nutrólogo Leandro Duarte tira dúvidas sobre a banha de porco (Fotos Nilzete)

Antigamente era muito comum usar banha de porco em casa para fazer frituras, mas com o passar dos anos, ela começou a ser substituída por óleos vegetais. Hoje em dia já é mais difícil encontrar quem conserve o hábito de usar a gordura animal para culinária doméstica, porém, especialistas relatam que substituir o óleo pela banha pode ser benéfico para a saúde.

Podendo ser utilizada em várias receitas, como refogados, assados, caldos, frituras, sopas e molhos. Ela não modifica o sabor da comida e, quando a utilizamos para fritar, deixa os alimentos bem crocantes e sequinhos.

De acordo com o nutrólogo Leandro Duarte, a principal característica da gordura de porco é que ela resiste bem às altas temperaturas sem liberar componentes tóxicos.

Além disso, a banha de porco é rica em vitamina C, ferro e fósforo e isenta de açúcares, por isso, não é tão vilã quanto parece. "Outro ponto positivo da banha de porco é que por ser saturada, ela tolera o aquecimento sem oxidar, diferente dos óleos vegetais que são muito usados para cozinhar, quando aquecidos de maneira demasiada liberam uma série de compostos que podem ser tóxicos a saúde," reforça o médico.

Seja com óleo vegetal ou gordura animal, o ideal é evitar a fritura, que coloca o alimento em temperaturas altas. Mas, se esse tipo de preparo for indispensável, então escolha a banha de porco ou outra gordura de origem animal.

"O óleo vegetal, na fritura, oxida bastante, liberando radicais livres. E a gordura, não. Por ser uma fonte totalmente de origem animal, traz ainda nutrientes, como vitamina C, B, um pouco de fósforo e ferro. Já o óleo, não, pois é um extrato vegetal” relata.

Componentes

A banha de porco possui gorduras boas e o seu consumo moderado não aumenta os níveis de colesterol ruim no sangue (LDL). Ela é composta de gordura saturada, monoinsaturada e poli-insaturada. Ela também contém vitamina A, vitaminas do complexo B e betaína. A vitamina A é importante para os olhos, ajuda na formação de colágeno e também é necessária para a renovação das células. As vitaminas do complexo B regulam a produção de energia do nosso organismo, são boas para a pele, cabelo e intestino e também ajudam a fortalecer a imunidade. Já a betaína é um composto químico relacionada à redução de componentes que causam doenças do coração e osteoporose.

***
Gostou?
3
0
Manuel disse: Em 04/06/2018 às 08:59:00

"Meus antepassados são demais, sempre tiveram razão... Perdemos tambem a cultura dos remédios caseiros para nos entregar a industria dos medicamentos.... alguns são de verdade outros puro engodo. Mas como uma parte (70%) hipocondríacos os hospitais vivem lotados de marmanjos no mi mi mi ocupando espaço para os que são necessitados verdadeiramente de atenção médica."

VAGN disse: Em 04/06/2018 às 08:05:12

"SÓ QUE NÃO!"