SALÁRIOS ATRASADOS
Deputado propõe criação de PL para pagamentos
De acordo com o presidente da Assembleia Legislativa, Jalser Renier, a solução é utilizar verba do Instituto de previdência
Por Raisa Carvalho
Em 07/11/2018 às 18:33
O presidente da Assembleia Legislativa, Jalser Renier convocou a imprensa para uma coletiva na tarde dessa quarta-feira (07) na sala de presidência da Ale (Foto: Priscilla Torres/folhabv)

O presidente da Assembleia Legislativa, Jalser Renier convocou a imprensa para uma coletiva na tarde dessa quarta-feira (07) na sala de presidência da Ale. Na ocasião, o deputado anunciou um projeto de lei para realocar a verba do Instituto de previdência no valor de 170 milhões para o pagamento dos salários atrasados dos servidores do Estado. A proposta deverá passar por votação.

“Queremos resolver definitivamente essa situação dos salários atrasados dos servidores públicos no governo do Estado. Tivemos uma conversa com o judiciário, o Tribunal de Contas do Estado e o Ministério Público e estamos em busca de uma solução. E não existe outra solução a não ser realocar o dinheiro do Instituto de Previdência no valor de 170 milhões, se esse recurso, não for depositado na conta do servidor efetivo, os servidores poderão passar por uma necessidade histórica” disse.

Segundo ele, caso o pagamento não for efetuado, o próximo governador irá herdar uma despesa de aproximadamente de R$850 milhões de reais. “Nós estamos discutindo com os sindicatos essa proposta e pedir que as instituições de fiscalização possam verificar a lei. O instituto de previdência não irá perder esse dinheiro, e só quem irá ganhar com isso é o servidor. É uma questão imediata”disse.

***
Gostou?
4
56
ForaJalser disse: Em 07/11/2018 às 23:42:45

"Aos nossos excelentíssimos deputados deveriam realizar uma CPI para investigar às improbidades adminitrastivas do Executivo a para garantir o direito dos servidores públicos do Estado, ao invés de saquear os recursos do Fundo Previdenciário, assim fica fácil tampar os buracos... Ao Senhor Presidente da Assembleia, o povo não é palhaço, infelizmente vc terá mais 4 anos mas nunca terá o voto das pessoas esclarecidas desse Estado..."

JOSE NARCELIO DE LIMA disse: Em 07/11/2018 às 23:03:30

"Este senhor junto a irresponsável desta governadora querem pegar o dinheiro da aposentadoria dos servidores para pagar os desmando deste governo, bem a cara deste pústula. O dinheiro não é do governo é dos servidores, esperamos que a justiça impeça mais esse disparate e proteja o IPERR, em quanto não enfiarem a mão no dinheiro do IPERR, não descançam."

fabio disse: Em 07/11/2018 às 21:01:41

"Absurdo corrigir um erro cometendo outro maior e frontalmente inconstitucional! Vamos ver se o MP, o fiscalizador da legalidade vai abraçar esta imoral bagaça! É lamentável a situação de todos os servidores sem pagamentos, mas o futuro tbm vai chegar...penso no amanhã, nas famílias.."

Fortes disse: Em 07/11/2018 às 20:40:35

"Acho que esses caras pensam que somos leigos, pra aceitar esse absurdo. Sabe quem vai aceitar o povo desinformado, nos iremos pagar o nosso próprio salário com o IPER nosso fundo de aposentadoria kkkk. Já existe um rombo no IPER por causa da falta de repasse e ainda querem mexer em nosso futuro... Elegemos bando de ladrões, tenho uma solução, eles abrem mão dos salário deles e já ameniza o problema dos servidores... Agora "encontraram a solução" e já vai pra votação amanhã? Pra o povo não ter tempo de se informar sobre o tamanho da loucura que irão cometer. Depois de aprovado não tem mais jeito... eles pensam que somos burros, só pode..."

ARIMATÉIA disse: Em 07/11/2018 às 18:59:11

"Essa possibilidade não deve seguir em frente. Nós sabemos que a proposta de aumento do repasse do duodécimo aos poderes foi vetada pela governadora. Sabemos também que a.maioria dos deputados derrubou o veto . Sabemos também que o aumento imposto pelos poderes foi bem maior que o crescimento financeiro do Estado. Por isso, estamos vivendo esse caos. "