PUBLICIDADE
APROPRIAÇÃO INDÉBITA
Desconhecido foge depois de emprestar celular de vítima
Por João Barros
Em 16/01/2019 às 00:10
Caso foi registrado no 5º DP, mas será investigado pelo 4º Distrito (Foto: Arquivo/Folha BV)

Confiar em desconhecidos que se aproximam para pedir qualquer pertence em via pública é um risco para muita gente, principalmente em locais em que criminosos agem em plena luz do dia. Um cozinheiro, de 38 anos, estava em um estabelecimento comercial na Rua S-32, bairro Sílvio Botelho, por volta das 20h de segunda-feira, 14, quando emprestou seu telefone para um sujeito conhecido como “Duda”, que acabou fugindo.

A vítima informou que o indivíduo iria ligar, mas subiu na garupa de uma moto e saiu em disparada, tomando destino incerto. O que deveria ser apenas uma gentileza para quem pediu o aparelho celular para fazer uma ligação, tornou-se um crime de apropriação indébita. A vítima informou na delegacia que sabe onde fica a casa do vulgo “Duda”.O caso foi registrado na Central de Flagrantes do 5o DP às 22h30 da mesma segunda-feira, duas horas e meia após o crime. Como não houve emprego de violência, o caso não foi tipificado como roubo. Até o fim da tarde de ontem, 15, o suposto autor do delito não tinha sido preso. O 4o DP ficará responsável pelas investigações. (J.B)

***
Gostou?
0
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!