PUBLICIDADE
FIM DE SEMANA
Dois morrem em acidentes de trânsito na capital e interior
Em um dos casos, testemunha afirma que vítima, sem carteira de habilitação, estava em alta velocidade
Por João Barros
Em 11/03/2019 às 00:20
Uma das vítimas foi Kenedy do Nascimento Pereira, que ‘esbarrou’ em uma moto e colidiu num poste (Foto: Aldênio Soares/Divulgação)

Dois homens morrreram no fim de semana vítimas de acidentes. Um dos casos ocorreu por volta das 9h de sábado, 9, quando a motocicleta conduzida por Kenedy do Nascimento Pereira, de 27 anos,  “tocou” no retrovisor de outro veículo, fazendo-o perder a direção e colidir em um poste na Rua Juiz Maximiliano Trindade, bairro Senador Hélio Campos.

A ocorrência foi atendida por policiais da Companhia Independente de Policiamento de Trânsito Urbano e Rural (Ciptur) acionados pelo Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops). O outro condutor envolvido na colisão contou que seguia pela rua e próximo ao cruzamento com a S-17, Kenedy, que transitava no mesmo sentido, passou em alta velocidade.

A testemunha também destacou que não houve uma colisão de alto impacto entre os dois veículos, considerando que a moto conduzida pela vítima bateu no retrovisor esquerdo da outra, momento em que Kenedy perdeu o controle do veículo e bateu com muita força em um poste de concreto, que está à margem direita da via pública. Os policiais conversaram com a equipe de socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e descobriram que a vítima sofreu fraturas diversas nas pernas e na cabeça e morreu ainda no local.

O corpo da vítima foi levado para o IML após o trabalho dos peritos. Conforme os policiais, Kenedy não era habilitado. A moto dele foi entregue a um parente. A PM ressaltou que o outro condutor envolvido no acidente está com toda a documentação em dia.

Além de permanecer no local, dar assistência à vítima e informar à Polícia Militar sobre o ocorrido, ele não aparentava qualquer sintoma de embriaguez e acompanhou a equipe da Ciptur até a delegacia. Ainda no sábado, o corpo da vítima foi liberado pela família para funeral e sepultamento. A Delegacia de Acidentes de Trânsito (DAT) deve apurar os fatos nos próximos dias.

QUEDA DE MOTO – Na Vila Apiaú, município de Mucajaí, um homem de origem venezuelana, identificado como Jhoanny Alexander Solorzano, de 32 anos, morreu após cair próximo a uma ponte na vicinal 21, por volta das 4h. Uma equipe policial foi acionada e chegou à localidade, onde conversou com um homem que prestou socorro à vítima.

A testemunha informou que o corpo da vítima estava dentro de seu veículo e apesar de tê-la levado para o posto de saúde da vila, já não havia o que fazer porque a morte já tinha sido confirmada. Os policiais transportaram o cadáver na própria viatura porque foram informados que o rabecão do IML estava sem combustível para i até a vila.

Na manhã de ontem, 10, um irmão da vítima estava aguardando a tramitação legal para liberar o corpo de Jhoanny para sepultamento. O caso deve ser investigado pela Delegacia de Mucajaí.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
PUBLICIDADE