PUBLICIDADE
SUPERINTENDÊNCIA DOTRABALHO
Durante reforma, serviços podem ser feitos em outros locais
Reforma na sede não afeta atendimentos ao público, que pode emitir carteira de trabalho em outros pontos da capital e do interior
Por Ana Paula Lima
Em 15/03/2019 às 14:00
Superintendente Magno Pillon afirma que obras irão modernizar atendimentos à população (Foto: Priscilla Torres/FolhaBV)

O aumento no número de atendimentos à população na Superintendência Regional do Trabalho em Roraima, vinculado ao Ministério da Economia, demandou uma modernização no serviço prestado ao público. Atualmente, a sede localizada na Avenida Major Williams está em reforma com o objetivo de ampliação e melhorias.

Mesmo com os agendamentos suspensos na sede, os atendimentos não foram interrompidos e estão sendo feitos, até 30 de março, em seis pontos diferentes da capital e interior. Além do expressivo crescimento na solicitação de emissão da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), a regional teve demanda nas áreas de seguro desemprego e denúncias trabalhistas.

Até o ano passado, a emissão da CTPS era feita somente no prédio da superintendência. Com a instalação de agências regionais nos municípios de Caracaraí, Rorainópolis e São Luiz, a intenção é diminuir a quantidade de pessoas se deslocando até Boa Vista. 

PUBLICIDADE

Desde 2014, a quantidade de CTPS emitidas para estrangeiros teve aumento significativo, saindo de 238 para 30.683 somente no ano passado, representando um acréscimo de 9.077%. Já as carteiras de trabalho emitidas para brasileiros tiveram redução no mesmo período, caindo de 19.230 para 12.561, uma queda de 65%.

Conforme o superintendente regional do Trabalho, Magno Pillon, a reforma da sede irá resultar em mais guichês de atendimentos com climatização e digitalizados. 

“Vamos ter um ganho muito grande, tanto para os servidores quanto para os usuários, que vão ter um local mais moderno. Queremos dar prioridade para todos, não somente para um público”, relatou.

Pillon destacou que a regional já conseguiu melhorar o serviço de emissão das carteiras, quando anteriormente ficava pronta em até duas semanas e, agora, já sai no mesmo dia da solicitação. Após a conclusão das adequações na sede, o agendamento por meio do site irá voltar e, de acordo com a previsão do superintendente, com mais guichês, será menor o tempo de espera para ser atendido.

LOCAIS – Entre as localidades que estão prestando o serviço, está o Centro de Atendimento Social (CAS) do Senai, no Conjunto Residencial Vila Jardim, com emissão de CTPS para brasileiros e estrangeiros, das 8h às 14h. As senhas são distribuídas por ordem de chegada.

A emissão para brasileiros e também recepção ao seguro-desemprego podem ser achadas no Sine, que funciona na Secretaria de Estado do Trabalho e Bem-Estar Social (Setrabes), das 7h30 às 13h30, com senhas por ordem de chegada.

O Posto de Triagem ao lado da Polícia Federal, na Avenida Brasil, emite CTPS para estrangeiros, sendo exclusivo para imigrantes e refugiados no âmbito da Operação Acolhida. Esse ponto é permanente e não há horário fixo para atendimento. Por fim, brasileiros e estrangeiros podem procurar as agências de Caracaraí, Rorainópolis e São Luiz. 

***
Gostou?
2
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!