Advogado orienta clientes contra cilada do empréstimo falso - Folha de Boa Vista
FINANÇAS
Advogado orienta clientes contra cilada do empréstimo falso
Para sair do sufoco e se livrar das contas, muitos consumidores optam por fazer uma nova dívida, mas operação pode gerar um problema ainda maior
Por Folha Web
Em 21/09/2021 às 06:00
Para o advogado Jhonatan Rodrigues, primeira dica é pesquisar a reputação da empresa que oferece o empréstimo (Foto: Divulgação)

A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor, feita pela Fecomércio-RR, mostra que 86,6% das famílias roraimenses tinham algum tipo de dívida. Para sair do sufoco, muitos consumidores optam por fazer uma dívida ainda maior e contratar empréstimos para solucionar um problema emergencial. Outros já estão com a renda comprometida pelas parcelas, e querem apenas renegociar um contrato já em andamento. 

Diante deste cenário, muitos golpistas se aproveitam para aplicar fraudes envolvendo a concessão de crédito na internet. Em Roraima, o número de casos quadruplicou neste ano.

O advogado Jhonatan Rodrigues, membro da Comissão de Direito dos Consumidores da OAB/RR, orienta que, para não cair nestas ciladas, é preciso se atentar a alguns detalhes, pois, muitas vezes, sites fraudulentos se passam por bancos. (Confira abaixo as dicas).

Agora, para quem caiu em um golpe, o primeiro passo é registrar um boletim de ocorrência relatando o que aconteceu. “É importante juntar provas (comprovante do depósito, prints da tela do site que ofereceu o empréstimo e de conversas no WhatsApp, em redes sociais ou por e-mail e outros) e procurar um advogado, especializado de preferência, para orientar este cliente a resolver de vez o problema.”

    • Pesquise bem
Procure dados como endereço fixo e contato oficial, bem como fotos e comentários de clientes. Olhe também as redes sociais e sites para ter certeza de que a empresa existe. 

 • Simulação de crédito
Escolha os sites de confiança para realizar simulações. Ao escolher, confira o endereço eletrônico do site, neste caso, é importante que o início tenha as letras https (não apenas o http). Além de observar se tem o símbolo de um cadeado, pois isso significa que o site é, de fato, seguro.

 • Cuidado com o WhatsApp
Pelo WhatsApp, o fraudador solicita o pagamento de taxas antecipadas para liberação do dinheiro na conta. Ao concordar com o empréstimo e realizar o pagamento, o consumidor é enganado e não consegue o estorno do seu dinheiro.

• Depósito antecipado é ilegal
Bancos e instituições financeiras legítimas não pedem depósito adiantado, já que essa ação é ilegal e não permitida pelo Banco Central do Brasil (Bacen). 
   
• Cuidado nas redes sociais
Não ofereça seus dados por meio das redes sociais. Os fraudadores podem usar essas informações para atuar como se falassem em nome de uma empresa ou mesmo para aplicar outros golpes. 

• Empréstimos não são pagos em conta de pessoas físicas
Caso você tenha tomado crédito, não pague as parcelas em contas bancárias de indivíduos. Nenhuma instituição financeira séria utiliza este tipo de conta.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
8
2
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!