Produtores criam cooperativa para promover suinocultura em RR - Folha de Boa Vista
AGENDA DA SEMANA
Produtores criam cooperativa para promover suinocultura em RR
A nova cooperativa já esta funcionando e deve terminar a regulamentação nos próximos 40 dias
Por Cyneida Correia
Em 20/06/2022 às 08:30

O programa Agenda da Semana da Rádio Folha, apresentado pelo economista Getúlio Cruz, entrevistou empresários do setor de suinocultura que criaram uma cooperativa para promover suinocultura em Roraima.

Os empresários rurais Taylor Filgueiras e Frank Júnior explicaram que estão montando estratégias de desenvolvimento para o setor a partir da cooperativa que deve estar criada de forma jurídica nos próximos 40 dias. Hoje a cooperativa já conta com 30 empresários do setor.

O suinocultor Frank Júnior avaliou a fundação de uma cooperativa que tem como objetivo atender mais de 250 criadores de suínos em Roraima. “Temos um registro contabilizando 242 suinocultores, além de outros 30 empresários já engajados na fundação da Cooperativa. Nosso objetivo é integrar os criadores de suínos, auxiliá-los e caminharmos juntos no planejamento da venda local e exportação da demanda também com a Venezuela e Guiana”, disse.

“Estamos fazendo toda a formalização da cooperativa e em 30 dias esperamos estar em nosso prédio funcionando, para atender os nossos cooperativados além de buscar parcerias para realmente alavancar a suinocultura do estado de Roraima. Começamos criando um grupo de WhatsApp e com o passar do tempo cresceu, hoje nós somos 244 num grupo, um grupo focado 100% em suinocultura”

Os temas a serem trabalhados pela cooperativa envolvem calendário de vacinação, fiscalização sanitária, isenção de taxas, transporte de frios, escala veterinária, comercialização, além da criação de salas de abate artesanal nas propriedades rurais para facilitar a logística de transporte e coibir a clandestinidade. Outras problemáticas vivenciadas pelos suinocultores são o abate, a logística e demais taxações que impõem barreiras. 

“Com a fundação da Cooperativa, o intuito é darmos suporte técnico, organização de crédito, normativas, regulamentações e outras necessidades. Em Roraima existe muita gente envolvida no segmento de suínos, mesmo trabalhando em pequena escala. Compramos matrizes do Paraná e trouxemos para fortalecer a genética local. E estamos trabalhando em parceria com as instituições governamentais para lutarmos por questões como diminuição dos custos de produção, baixa no preço de insumos, combustível e outras necessidades, possibilitando aos empresários mais investimentos na suinocultura”, disse.

Da região de Amajari, o produtor Taylor Filgueiras explicou que o segmento beneficia o investidor em um mercado amplo, mas precisa de apoio institucional adequando os benefícios necessários para o desenvolvimento da suinocultura.

"Com criação da cooperativa pretendemos passar para a criação profissional e compramos matrizes com a garra e coragem e vamos levar nosso formato de trabalho e esse projeto da cooperativa adiante. Estamos em negociação com o município de Boa Vista para ver a possibilidade real de fazer cotação e licitar um caminhão frigorífico para atender a cooperativa e assim melhorar a logística de abate dos animais. Então, isso aí se conseguirmos será um ponto muito positivo para o criador. Também estamos trabalhando para que a cooperativa atue na venda dos animais que será outra preocupação que o criador não terá mais”


Milho para os porcos

Os produtores falaram sobre as dificuldades de conseguir preços justos na Conab do milho que precisam para alimentar as criações.

“A Conab deveria vender com preço de balcão de atacado, mas desde 2019 ela está tentando competir com o mercado local o que inviabiliza a venda ao produtor. Agora eles tem estoque de milho que está envelhecendo e marcamos reunião com o superintendente da Conab Boa Vista, explicar que eles precisam reduzir o preço para vender esse milho que vai vencer e terá que ser jogado fora. Estamos nesse processo de negociação da CONAB para que realmente o programa do Governo Federal seja atendido com responsabilidade e possa atender o pequeno criador”

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
3
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!