Artilheiro da final Sub-20 atua de vendedor em grife e faz bico de motoboy - Folha de Boa Vista
SUPERAÇÃO
Artilheiro da final Sub-20 atua de vendedor em grife e faz bico de motoboy
Atacante Diego guardou dois gols na goleada por 3 a 0 do Mundão sobre o Náutico, pela decisão do Estadual
Por Folha Web
Em 19/11/2021 às 10:09
Camisa 9, Diego, foi artilheiro do Mundão no Estadual Sub-20, com três gols. (Foto: Itamar Lopes - São Raimundo)

Um garoto simples e sonhador, criado no Centro da capital. "Alá" sem muitas frescuras [regalias], começou a trabalhar aos 16 anos de idade, para comprar suas chuteiras, calções, meiões e coletes. Com os pais desempregados, resta ele mesmo investir no próprio sonho e fortalecer o orçamento da casa. Essa é a história de superação do atacante Diego Alessandro de Melo Figueiredo, hoje com 20 anos - o autor de dois gols na goleada do São Raimundo, por 3 a 0, sobre o Náutico, pela decisão do Campeonato Roraimense Sub-20.

Após o recesso do elenco, o jogador Diego passou a trabalhar como vendedor em uma grife de Boa Vista. Concilia o emprego, com os bicos de motoboy. E em breve com os treinos visando Copa São Paulo de Futebol Júnior.

"Quando eu comecei no Mundão trabalhava de motoboy, treinava na parte da tarde e a noite trabalhava por conta própria. Não é fácil manter tudo isso diante nossas dificuldades. Eu sou muito feliz até por conta que é meu primeiro título com a camisa do Mundão. Foi muito importante para mim e para nosso elenco. Todos os dias estávamos lá treinando, mesmo com a dificuldade de alguns", revelou Diego.

Seus dois gols ajudaram a garantir a conquista do eneacampeonato consecutivo do time de Operário e decacampeonato ao total. Agora são 10 taças guardadas na estante, pelos meninos dos juniores. Final ocorrida no último sábado (13), em no Centro de Treinamento do Pássaro Azul.

"Lembro dos gols todas as horas. Poder ter ajudado meu elenco é muito gratificante. Eu não imaginava mais jogar esse ano, por ter passados por problemas pessoais. Depois da eliminação da Copa do Brasil pensei em desistir várias vezes. Falava que não era para mim e que precisava mudar de vida. Então sou muito grato de ter conquistado esse título", disse Diego.

Planos

O jogador Diego chegou para reforçar as categorias de base do Mundão, no começo de 2021. No ano passado atuou pelo Atlético Roraima, no time principal. Ele quer uma chance agora no "profi" do São Raimundo, quem em 2022, tem pela frente Copa do Brasil, Copa Verde e Série D do Campeonato Brasileiro. Na carreira pessoal pretende iniciar curso superior de educação física.

"Ano que vem almejo subir para o profissional, poder ser relacionado para jogos e tentar sempre dar o melhor para o clube. Sei que vai ser difícil estar sempre 100% nos treinamentos. Mas, nada é impossível", disse Diego.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
3
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!