Primeiro roraimense campeão paralímpico escolar se diz espantado com feito - Folha de Boa Vista
NATAÇÃO
Primeiro roraimense campeão paralímpico escolar se diz espantado com feito
Kauã Gonçalves Santos venceu os 50 metros livre da classe S8 e os 100 metros peito da SB7
Por Folha Web
Em 25/11/2021 às 12:30
Nesta quinta à tarde, roraimense voltará a nadar, pela classe S8, nas provas de 100 metros costas e 400 metros livre (Foto: Divulgação)

O nadador paralímpico Kauã Gonçalves Santos, de 16 anos, disse que ficou “espantado” com a vitória nas duas provas que disputou nessa quarta-feira (24), nas Paralimpíadas Escolares. Com os feitos em São Paulo, ele se tornou o primeiro roraimense a levar a medalha de ouro na competição.

“Quando eu me toquei que iria chegar em primeiro, fiquei ‘assustadaço’. Estava sentado, aguardando a outra prova, quando o meu treinador veio me falar que eu fiquei em primeiro. Fiquei espantado, mas fiquei feliz também (risos)”, declarou.

O paratleta terminou os 50 metros livre da classe S8, que reuniu outros seis competidores com deficiência física, com o tempo de 34seg32, dois segundos à frente de Gabriel Safra Lima (36seg82), de Goiás, e quatro segundos mais rápido que Luiz Gustavo Albano Capetine (38seg24), do Rio de Janeiro.

“Quando eu nadei a prova de 50 metros, eu tava esperançoso em pegar uma medalha sim, mas não de ouro. Foi muito interessante e devo tudo isso aos meus treinadores Mateus, Teca, Ezequiel e Gabriel”, disse.

Nos 100 metros peito da classe SB7, Kauã Gonçalves superou o único concorrente Gabriel Alexandre Corso, do Rio Grande do Sul (Foto: Divulgação)

Nos 100 metros peito da classe SB7, Kauã Gonçalves superou o único concorrente Gabriel Alexandre Corso, do Rio Grande do Sul, com a marca de 1min49seg90, contra 1min59seg28, do oponente.

Nesta quinta à tarde, o roraimense voltará a nadar, pela classe S8, nas provas de 100 metros costas e 400 metros livre. A colega de delegação e modalidade, Luana Lima, vai disputar os 100 metros livre e costas da classe S14.

Bocha

Na bocha, praticada por atletas com paralisia cerebral ou outras deficiências severas, João Antônio Souza de Almeida, representante de Roraima, perdeu os dois primeiros jogos, mas ainda tem chances de classificação para a próxima fase: joga nesta tarde contra João Felipe Oliveira(MS) em busca de vaga na próxima fase, pela classe BC2.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
0
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!