PUBLICIDADE
FUTEBOL
Torneio irá reunir equipes do Brasil, Venezuela e Haiti
O intuito é unir os três povos em atividades esportivas e artísticas que incluam brasileiros e imigrantes. 
Por Bennison de Santana
Em 13/06/2019 às 00:00
A competição ocorrerá no Estádio Ribeirão no fim do mês. (Foto: Bennison de Santana/ Folha BV)

União dos povos. Esse será um dos objetivos da realização do torneio futebolístico com equipes do Brasil, Venezuela e Haiti denominado Futebol Show Internacional. A competição reunirá quatro equipes: duas brasileiras, uma venezuelana e um time haitiano. O quadrangular será realizado durante todo o dia 30 no Estádio Ribeirão. 

A disputa será o segundo, tendo em vista a realização de um primeiro torneio no fim do ano passado, o que a faz a organização classificar como ‘futebol de revanche’. Estarão na briga pelo título de campeão as equipes: Imigrantes da Venezuela FC, Baré EC, Imigrantes Union Haiti FC e Salada Futshow FC. 

Serão apenas quatro jogos previamente acordados entre os participantes. O primeiro confronto será entre Imigrantes da Venezuela e Baré, depois será a vez do duelo entre Unidos Union Haiti e Salada. Desta forma, os dois vencedores irão brigar pelo título do torneio e os que não avançarem disputam o terceiro lugar.

PUBLICIDADE

Os times de imigrantes da Venezuela e Haiti foram formados e tiveram a ajuda da Acnur e do venezuelano Roberto Leandro, um promotor desportivo. Segundo ele foi uma alternativa que os próprios imigrantes criaram para interagirem entre si e a nova vida que inclui a interiorização de alguns dos componentes. 

“São 25 jogadores. Eles estão no abrigo do lado do Ribeirão, então se conhecem, quando são escolhidos são enviados para outras cidades, mas o time permanece e quando saem, saem com o coração machucado por estar acostumado ao time, mas eles precisam para melhorar suas vidas”, contou se referindo ao time Venezuelano.

Com presença de haitianos em Boa Vista, outra equipe que está na competição é o de Imigrantes Union Haiti, que da mesma forma que os venezuelanos apostam no esporte para amenizar a saudade de casa.

Roberto Leandro contou que outro objetivo é criação de uma escolinha para que atenda crianças imigrantes e também brasileiras. 

“Há muitas crianças filhos de imigrantes que querem jogar, participar dos jogos e pra isso precisa-se de uma escola. E eu como promotor desportivo estou tomando essa iniciativa reunindo o pessoal futebolístico pra tirar do papel”, afirmou.  

Como um bom apaixonado por futebol, Roberto Leandro que é venezuelano não poderia deixar passar essa. Ele comentou sobre a segunda partida da Seleção Brasileira que por coincidência irá enfrentar a Venezuela na Copa América no dia 18 deste mês. 

“Quando se tem raízes normalmente a gente torce para o nosso time do coração que no meu caso é a Venezuela, mas o brasil também está em meu coração, então, qualquer um que ganhe vai ser bom. Digo sempre que quando o Brasil joga com outra equipe torço pro Brasil. Quando a Venezuela joga contra outro time torço pro meu país”, disse. 

O objetivo central deste Futebol Show Internacional é unir ainda mais as três nações através do futebol. Além dos jogos, no dia 30 serão realizadas apresentações cultuais com Grupo Aje Show da Venezuela e um almoço e janta de confraternização entre os participantes e convidados.  

***
Gostou?
1
0
Cezar disse: Em 13/06/2019 às 08:23:40

"Mais uma pelada, pra acabar de vez com o gramado do Ribeirão, Ai vem a copa verde, e os times locais passando vergonha com o campo um verdadeiro chiqueiro. Enquanto esse Zeca "LUA" Xaud, estiver a frente da FRF, vai ser sempre esse amadorismo."