FESTIVAL CORPUS URBIS
Edital seleciona artistas interessados em trabalhar em comunidades indígenas no Amapá
A quarta edição do projeto será realizada em Oiapoque (AP), com suas ações estendidas para as aldeias do Manga e de Santa Izabel
Por Folha Web
Em 10/08/2018 às 08:27
As inscrições estão abertas do dia 1 de agosto ao dia 15 de agosto (Fotos Divulgação)

A Residência e Festival Corpus Urbis – 4ª edição – Oiapoque chega a sua quarta edição, e com ela, uma série de novidades acompanham o evento. Pela primeira vez em Oiapoque, o Corpus Urbis sai da capital do Amapá – Macapá, e adentra ainda mais a Amazônia, buscando promover as relações de artistas indígenas com não indígenas. O projeto participou de uma das maiores seleções que apoiam projetos culturais no país, e esse ano conta com o apoio do Itaú Rumos.

Artistas ou coletivos interessados em participar da 4ª edição do Festival Corpus Urbis já podem se inscrever pelo site. Esse ano, o evento será realizado no Oiapoque, no Amapá, com suas ações estendidas para as comunidades do Manga e de Santa Izabel 22 no período de setembro a 1 de outubro.

O projeto irá selecionar performance e intervenção urbana que serão contemplados pelo Rumos Itaú Cultural 2017-2018.  Os inscritos precisam residir há no mínimo três anos no país e terem o desejo de investigar e intercambiar seus processos de criação e pesquisas de linguagem convivência junto às comunidades indígenas do Amapá, na cidade do Oiapoque.

Festival busca artistas que tenham capacidade de trabalhar de forma coletiva, interagir com diversos tipos de pessoas de origens e culturas diversificadas, visando à cooperação com artistas locais para desenvolver uma vivência significativa.

De acordo com o edital, os processos artísticos desenvolvidos na residência serão apresentados durante o Festival nos espaços públicos da cidade. A divulgação resultado desta convocatória será feita até o dia 20 de agosto, através da página do evento no Facebook. 

Ao todo, serão selecionados 22 artistas: 12 indígenas – alunos e/ou ex-alunos do Curso de Licenciatura Intercultural Indígena do Campus Binacional do Oiapoque da Universidade Federal do Amapá –e 10 não-indígenas. O projeto custeará passagem aérea, hospedagem, alimentação, translado Macapá-Oiapoque-Macapá, transporte para as aldeias e ajuda de custo para os artistas selecionados.  Dúvidas sobre as inscrições e o evento podem ser esclarecidas somente através do contato: corpusurbis@gmail.com

SERVIÇO:
Rumos Itaú Cultural 2017-2018

Residência e Festival Corpus Urbis
Inscrições convocatória: até 15 de agosto
Resultado da convocatória: dia 20 de agosto
Residência e Festival: de 22 de setembro a 01 de outubro
Local: Aldeias do Manga e Santa Izabel, Oiapoque (AP)
Informações e inscrições:  https://corpusurbis.wixsite.com/corpusurbis
facebook.com/corpusurbis  @corpusurbis

***
Gostou?
1
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!