PUBLICIDADE
BOM DIA RORAIMA
Especialista alerta sobre aumento da hanseníase em crianças
Foram 95 novos casos confirmados em 2018, segundo dados da Coordenadoria-Geral de Vigilância em Saúde (CGVS)
Por Folha Web
Em 08/01/2019 às 10:22
A gerente de Hanseníase Márcia da Silva é a entrevistada do dia do programa Bom Dia Roraima (Foto: Divulgação)

YARA WALKER
Colaboradora da FolhaWeb

Janeiro é o mês internacional de luta contra a Hanseníase, uma doença que acomete pessoas com o sistema imunológico baixo. Em Roraima, os casos desse tipo de enfermidade a têm crescido bastante nos últimos anos, principalmente nas crianças.

De acordo com a gerente do Núcleo de Controle da Hanseníase da Coordenadoria-Geral de Vigilância em Saúde (CGVS), Márcia Silva Souza, a incidência da doença tem sido maior em pessoas de baixa renda.

“A hanseníase é uma doença que acomete pessoas com o sistema imunológico baixo e em pessoas de baixa renda é mais difícil de tratar. Nas crianças, os casos são preocupantes, pois há pessoas que possuem os bacilos transmissores e criam uma cadeia que precisa ser quebrada. Todos os contatos próximos ao portador precisam ser examinados, não só quem mora na mesma casa”, destacou.

Segundo a especialista, a doença é altamente contagiosa e o aumento dos casos se deve ao diagnóstico tardio. Ela orienta a população a procurar atendimento médico quando houver suspeita dos sintomas da hanseníase.

“O diagnóstico da hanseníase não é fácil, pois há outras doenças que se confundem com ela, como a dermatite. Mas há uma particularidade que é a perda de sensibilidade. Nós precisamos trabalhar com a população com educação continuada para que as pessoas procurem atendimento médico na unidade de saúde mais próxima, ao suspeitar que possui a doença”, frisou.

Confirma as dicas de Márcia assistindo a live do Bom Dia Roraima.

BOM DIA RORAIMA

BOM DIA RORAIMA - 08/01/2019

Posted by Rádio Folha FM 100.3 on Tuesday, January 8, 2019

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!