SAÚDE
Estudo mostra que álcool piora os sintomas de TPM
Pesquisadores descobriram que esse tipo de bebida pode mexer com alguns hormônios do ciclo menstrual
Por Folha Web
Em 26/05/2018 às 00:29
Inchaço, dor abdominal, mau humor, dor de cabeça são sintomas da TPM (Fotos Divulgação)

Um estudo conduzido pelos pesquisadores da Universidade de Santiago de Compostela (Espanha) analisou a relação entre o consumo de álcool e a tensão pré-menstrual (TPM). Com isso, concluíram que um em cada 10 casos de TPM (11%) é causado pelas bebidas alcoólicas.

Os pesquisadores buscaram informações em bancos de dados e encontraram nove estudos publicados até maio de 2017 sobre a relação. Os estudos são de oito países da Europa, envolvendo no total mais de 47 mil participantes. Um artigo publicado no British Medical Journal divulgou os resultados.
Os estudos mostram que os sintomas da TPM são mais severos entre mulheres que tomam bebidas alcoólicas. Porém, ainda não está evidente que esse consumo é uma causa ou consequência dos sintomas.

De acordo com os pesquisadores, a ingestão de álcool está agregada a um aumento de 45% no risco de desenvolvimento da TPM. Para mulheres que bebem com mais frequência o número sobe para 79%.

Segundo a biologia, o álcool altera os níveis dos hormônios sexuais esteróides e gonadotrofina durante o ciclo menstrual, podendo também interferir no modo de produção de substâncias químicas do cérebro, como a serotonina.

Sintomas

Inchaço, dor abdominal, mau humor, dor de cabeça... Esses são apenas alguns dos sintomas que podem acometer as mulheres antes ou durante a menstruação. A TPM, ou Síndrome Pré-Menstrual (SPM), se caracteriza pelo conjunto de sensações que ocorrem cerca de 10 dias antes do início do ciclo menstrual, e atinge cerca de 70% das mulheres brasileiras, segundo dados do Ministério da Saúde.

Durante aproximadamente 28 dias, o corpo da mulher sofre diversas alterações que preparam o útero para receber um bebê. Nos primeiros 14 dias ocorre o período de ovulação, e junto com ele a elevação dos níveis de estrógeno. Esse hormônio é um dos responsáveis por controlar o nosso bem-estar. Nos 14 dias seguintes, a parede do útero começa a engrossar como se estivesse preparando uma "cama" para o possível bebê. Nessa fase ocorre uma queda nos níveis de estrógeno e elevação nas taxas de progesterona.

O que é TPM?

A TPM, ou Síndrome Pré-Menstrual (SPM), se caracteriza pelo conjunto de sensações que ocorrem cerca de 10 dias antes do início do ciclo menstrual. Segundo os dados do Ministério da Saúde, a TPM atinge mais de 70% das mulheres brasileiras. Existem alguns tipos de TPM, são eles:
TPM A: o foco é a ansiedade
TPM D: o foco são sintomas depressivos
TPM H: o foco é o inchaço
TPM O: sintomas menos comuns.

***
Gostou?
0
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!