Médica fala sobre saúde da mulher durante quarentena - Folha de Boa Vista
QUEM É QUEM
Médica fala sobre saúde da mulher durante quarentena
A médica Magnólia Rocha é a entrevistada do Programa Quem é Quem de hoje
Por Folha Web
Em 15/05/2020 às 12:35
A médica Magnólia Rocha é a entrevistada do Programa Quem é Quem de hoje (Foto: Arquivo FolhaBV)

Durante a quarentena por conta da pandemia de coronavírus, os médicos indicam uma série de cuidados que devem ser tomados para garantir a saúde e bem-estar. Para a saúde da mulher existem algumas especificidades.

Para tratar sobre o tema, o Programa Quem é Quem desta sexta-feira, 15, traz uma entrevista com a médica e vereadora Magnólia Rocha.

Magnólia também irá falar sobre o contexto geral da pandemia, onde pede que os governos estadual e municipais se unam em prol da saúde da população.

“Vejo que haverá necessidade de trabalharem juntos, municípios e Estado. Pois a competência desse monitoramento é da responsabilidade da gestão municipal. Se os pacientes estão procurando as unidades hospitalares possivelmente decorre da insatisfação por inoperância na atenção básica ou seja no primeiro atendimento que está preconizado ser nas UBS, nos Postos de saúde das secretarias municipais”, disse.

A vereadora acrescentou que o Estado deve garantir capacitações, repassar e cobrar o cumprimento das normas estabelecidas pela OMS e/ou MS e/ou pelas autoridades Estaduais em conjunto com as municipais.

“Entendo que nesse momento a gente precisa cobrar realmente uma atuação mais eficaz e eficiente por parte daqueles que atuam e coordenam a saúde na atenção básica, na atenção primária. Nesse nível de atenção da saúde os municípios dispõem de agentes comunitários de saúde, equipes da saúde da família e demais profissionais que atuam na saúde epidemiológica”, acrescentou.

Sintonize na frequência 100.3 ou acompanhe a live do programa no Folha BV Play.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
0
0
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!