LUZ NA INFÂNCIA 2
Funcionário público é preso em operação contra pedofilia em Boa Vista
Em 24 estados e no Distrito Federal estão sendo cumpridos 578 mandados de busca e apreensão de arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual infantil
Por Folha Web
Em 17/05/2018 às 10:51
A delegada-Geral da Polícia Civil, Giuliana Castro, deu todos os esclarecimentos a ação (Foto: Daine Sampaio)

Um funcionário público, de 39 anos, foi preso em Boa Vista durante a operação Luz na Infância 2, deflagrada em 24 estados e Distrito Federal, na manhã desta quinta-feira (17), que visa o combate ao crime de pedofilia. A prisão aconteceu no bairro Senador Hélio Campos

Segundo a Polícia Civil, o homem foi preso em flagrante em posse de vasto material pornográfico, envolvendo crianças e adolescentes. No notebook do funcionário público, a polícia localizou cenas explícitas de sexo com crianças e adolescentes.

"O computador fica no quarto de F. C. S. Cada arquivo com as imagens estão cadastradas por idade e todos os sites acessados eram em inglês. As idades das crianças oscilam entre 7 a 17 anos", informou a delegada do Núcleo de Proteção a Criança e Adolescente (NPCA), Jaira Farias.

A delegada explicou que o simples armazenamento de vídeos ou imagens contendo sexo envolvendo crianças já está incorrendo no crime de pedofilia.

O material apreendido foi encaminhado para o Instituto de Criminalística para ser submetido à perícia e expedido laudo preliminar.

As investigações vão continuar e a delegada acredita que mais pessoas podem ser responsabilizadas criminalmente pelo crime. "Esse trabalho terá desdobramento com certeza. Estamos aguardando o laudo definitivo que vai apontar se ele repassou esse material para alguém, se disponibilizou, transmitiu, distribuiu ou se divulgou por qualquer meio", ressaltou.

O funcionário público que foi preso está sendo autuado em flagrante no NPCA pelo art. 241 B do Estatuto da Criança e do Adolescente. A pena para o crime é reclusão de um a quatro anos e multa.

 

 

 

***
Gostou?
2
0
Josy disse: Em 17/05/2018 às 12:44:57

"Tá, vai só pagar a multa e vão soltar! Tem que encaceirar mesmo é ponto."