PUBLICIDADE
NO RAIAR DO SOL
Funcionários denunciam falta de merenda em escola estadual
Alunos estão sendo liberados quase duas horas antes do horário normal de saída, devido à falta de merenda escolar
Por Polyana Girardi
Em 12/04/2019 às 01:10
Alunos também reclamam que desde começo do ano letivo não existe regularidade no fornecimento da merenda escolar (Foto: Diane Sampaio/FolhaBV)

Funcionários da Escola Estadual Professor Wanda David Aguiar, localizada no bairro Raiar do Sol, denunciaram à Folha a falta de produtos alimentícios para que seja feita a merenda fornecida aos alunos.

De acordo com denunciantes, os próprios funcionários chegam a comprar itens para compor a merenda escolar com o intuito de não deixar os alunos sem a comida. 

“A merenda é muito importante. Existem casos de crianças que só têm essa refeição no dia e se falta não têm vontade nem concentração para estudar. Nós resolvemos falar porque o problema não é uma novidade deste ano. Ano passado aconteceu a mesma coisa e, se não tomarem providências, passaremos o ano letivo no aperto novamente,” desabafou.

PUBLICIDADE

Segundo alunos da Wanda Aguiar, desde o começo do ano letivo, não existe regularidade no fornecimento da merenda escolar. 

“Nosso horário normal de saída era 11h45 da manhã, mas saímos às 10h20 porque não tem comida todos os dias. Hoje, por exemplo, já completou uma semana sem nenhuma comida na escola,” disse uma estudante. 

Funcionários ainda relatam que pais de estudantes se omitem quanto ao problema. A Folha conversou com dois responsáveis por alunos e um deles conta que não sabia que a escola estava sem fornecer a merenda e o outro nega que a filha não coma na unidade de ensino. 

“Nós gostaríamos de mais apoio da comunidade para reafirmar as denúncias. Todos os funcionários temem por represálias, mas os pais deveriam ser os mais interessados na vida escolar dos filhos,” disse uma funcionária que preferiu não se identificar.

OUTRO LADO – A Folha entrou em contato com responsáveis pelo repasse de itens para a merenda nas escolas estaduais da capital e por meio de nota a Secretaria de Educação e Desporto (Seed) informou que, excepcionalmente, na quinta-feira, 11, pela manhã, houve atraso na entrega dos gêneros alimentícios na Escola Wanda David Aguiar e a previsão é que fosse normalizada até a tarde do mesmo dia.

***
Gostou?
0
0
Suzete Cristina disse: Em 12/04/2019 às 07:19:36

"A Divisão de Merenda Escolar do Departamento de Apoio ao Educando tem um chefe incompetente. Além disso, eles não tem um programa eficiente para garantir um bom trabalho. Esses problemas já deveriam ter sido sanados pela Secretária de Educação. Deveriam exonerar essa Secretária, pois não sabe administrar e não sabe direito como decidir estratégias e metas na Educação!"