PUBLICIDADE
DIZ DEPUTADO
Governo Federal quer construir Bem-Querer ainda este ano
Édio Lopes, que é presidente regional do Partido da República, afirmou que analisou profundamente processo da hidrelétrica e acredita que ela será viável em Roraima
Por Folha Web
Em 18/03/2019 às 02:19
De acordo com Édio Lopes, presidente da República determinou que Bem-Querer entrasse na pauta de licitações ainda em 2019, dentro da possibilidade de se fazer uma PPP ou de se licitar via Aneel o aproveitamento dela (Foto: Diane Sampaio/ FolhaBV)

O deputado federal e presidente regional do Partido da República, Édio Vieira Lopes, em entrevista ao economista Getúlio Cruz, no programa Agenda da Semana da Rádio Folha FM 100.3, disse que a construção da Usina Hidrelétrica de Bem-Querer pode se tornar realidade ainda este ano.

“Pedi informações por meio da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados e, diante das informações recebidas, passei a ser um entusiasta do projeto Bem-Querer. A hidrelétrica terá uma capacidade geradora de 622 megawatts de energia, mais do que o dobro de Balbina, por exemplo, com área alagada bastante reduzida”, afirmou.

O parlamentar explicou que segundo o projeto, o lago que se formará com a represa da hidrelétrica irá inundar 65 quilômetros quadrados em Caracaraí, 33 em Mucajaí, 24 em Boa Vista, 74 em Iracema e 134 quilômetros quadrados do Cantá.

PUBLICIDADE

“Portanto, é um alagamento bem menor do que em Balbina, que é cinco vezes a área que vamos alagar, sendo que vamos gerar o dobro de energia. Todos esses estudos estão finalizados e em ponto de se fazer a licitação para a obra”, garantiu.

Para Édio Lopes, o governo federal vem tendo um olhar diferenciado com Roraima. 

“Sinto que há uma vontade política do atual governo, de fazer o devido enfrentamento de questões que se arrastam em nosso Estado. O presidente da República determinou que Bem-Querer entrasse na pauta de licitações ainda em 2019, dentro da possibilidade de se fazer uma PPP [parceria público-privada] ou de se licitar via Aneel o aproveitamento dela. Estou muito otimista”, disse.

O parlamentar afirmou anda que tem uma grande preocupação com trânsito de peixes e piracema e foi informado que haverá um corredor para eles pularem e terem acesso no período de reprodução, além da previsão de uma eclusa que permitirá a navegabilidade do Rio Branco durante todo o ano. 

“Hoje em dia, quem quiser ir a Santa Maria do Boiaçu em março, só consegue de voadeira com piloto muito experiente. Com a criação do lago, nós teríamos a perenização da navegabilidade de embarcações médias em todo o curso do Rio Branco.”

LINHÃO DE TUCURUÍ – Ainda sobre o governo federal, o deputado por Roraima afirmou que o ímpeto inicial de que o Linhão de Tucuruí iria sair de forma rápida já foi reduzido e o governo Bolsonaro está consciente de que há empecilhos jurídicos a serem ultrapassados e vencidos.

“Eu disse para Bolsonaro na reunião com a bancada, assim como falei pra Dilma, e por duas vezes pro Michel Temer, que, enquanto o governo não regularizar e normatizar o que é a consulta pública que a OIT (Organização Internacional do Trabalho) nos impõe com um marco disciplinador, nada vai acontecer. Bolsonaro disse que apesar de decretar a obra como prioridade nacional, ele não era dono do Brasil, era apenas o presidente. Isso significa que ele já colocou os pés no chão. Acredito que não tenha chance de as obras do linhão se iniciarem em junho e acho que os Waimiri chegarão a um entendimento com o governo, pois não se pode fazer o linhão na marra porque teríamos um imbróglio com repercussão internacional”, avaliou.

***
Gostou?
11
20
Freitas disse: Em 18/03/2019 às 11:18:31

"Esquece o linhão, vamos fazer a hidrelétrica! Esquece a hidrelétrica, vamos fazer o linhão! E assim os anos vão se passando e povo de Roraima sofrendo com falta de energia de qualidade, tarifas caríssimas e a economia do estado não deslancha em razão da insegurança energética, enquanto os políticos continuam com suas ladainhas, mas nada de concreto é feito. "

THIAGO CASTRO disse: Em 18/03/2019 às 09:45:10

"NOBRE DEPUTADO APENAS ESQUECEU DE DIZER QUE A GERAÇÃO DE MEGAWATS DO BEM QUERER VAI SER ÍNFIMA , ALÉM DE QUE BOA PARTE DE CARACARAI , IRACEMA E BOA VISTA IRÃO PRO FUNDO , RIO BRANCO VAI PARAR DE CORRER E VIRAR UM GRANDE LAGO , AUMENTANDO OS MOSQUITOS E AS DOENÇAS , PEIXES DE PELE IRÃO SUMIR E O PIOR É QUEM VAI INDENIZAR AS FAMILIAS QUE IRÃO PERDER TUDO COM A CRIAÇÃO DO LAGO ?"

Haroldo Queiroz disse: Em 18/03/2019 às 09:03:59

"Péssimo, depois de acabarem com toda a natureza da área que precisa ser sacrificada, ainda vão cobrar um absurdo nas contas de energia. Precisamos dizer NÃO a essa gente doente que só se esforça em interesse próprio."

José Carlos disse: Em 18/03/2019 às 08:56:19

"A construção de qualquer hidroelétrica no estado de Roraima tem o apoio integral da população (os xiitas ambientalistas de asfalto estão fora dessa conta), seja no Bem Querer, seja em Cotingo. A sensatez voltando a consciência das pessoas!"

Henrique Alves Tajuja disse: Em 18/03/2019 às 11:27:02

"Fale por você! Sou totalmente contra. "

THIAGO CASTRO disse: Em 18/03/2019 às 12:24:35

"responde por vc amigo , não ponha a população no meio porque ninguém quer essa hidreletrica que só vai gerar grana pras empresas que ganharem a licitação pra construção."