NEURÓTICOS ANÔNIMOS
Grupo oferece apoio a pessoas com depressão
As reuniões ocorrem todos os domingos na Escola Estadual Costa e Silva, de 16h às 18 horas
Por Raisa Carvalho
Em 05/12/2018 às 16:09
O grupo foi fundado com apoio da Irmandade ‘Neuróticos Anônimos’  (Foto: Priscilla Torres/Folha BV)

Um grupo de voluntários oferecem apoio e uma conversa amiga para pessoas que sofrem com sintomas de depressão, bipolaridade, ansiedade e outros transtornos. As reuniões ocorrem todos os domingos na Escola Estadual Costa e Silva, de 16h às 18 horas sem cobrar taxas ou mensalidades.

O grupo foi fundado com apoio da Irmandade ‘Neuróticos Anônimos’ e existe há quinze anos em Roraima. Segundo um dos membros do grupo, que preferiu não se identificar, a Neuróticos Anônimos não está ligada a nenhuma instituição religiosa ou política e não defende nem se opõe a nenhuma causa.

As reuniões ocorrem todos os domingos sem cobrar taxas ou mensalidades (Foto: Priscilla Torres/Folha BV)

Seu objetivo primordial é a transmissão de sua mensagem, através da recuperação de seus membros, aos que necessitam de ajuda para encontrar uma vida feliz, livres da doença mental e emocional.“As vezes o que mais precisamos é só de uma conversa amiga, e é um grupo muito diversificado, pessoas de todas as idades e de todas as religiões nos procuram. Não há discriminação e todos são bem vindos. É necessário que as pessoas saibam que não é uma terapia, e não funciona como tratamento, mas pode ser eficaz por que muitas pessoas precisam compartilhar o seu problema e não conseguem. Precisam de uma palavra de apoio” contou.

O grupo preserva o anonimato dos participantes. “É nas salas de reuniões que através de ajuda mútua que aprendemos a aceitar e compreender nossos semelhantes. E, pela prática continuada do programa, a amizade e o amor surgem ajudando a nossa saúde mental” explicou.

Neuróticos Anônimos – Nasceu nos Estados Unidos, em 1964, quando Grover B. um neurótico e alcoólatra recuperado através da prática do Programa de Recuperação de Alcoólicos Anônimos percebeu que o programa de A.A poderia ser aplicado na recuperação de pessoas que não tivessem compulsão por bebidas alcoólicas. O grupo chegou no Brasil em Abril em 1969 inicialmente em São Paulo e vem se difundindo pelo país.

*Excepcionalmente nesse domingo não haverá reunião devido ao concurso público da Polícia. Próximo encontro ocorre no dia 15 de dezembro.

***
Gostou?
2
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!