EMBRIAGUEZ AO VOLANTE
Homem atropela e tenta fugir com criança presa no para-brisa
Teste do bafômetro confirmou que condutor tinha ingerido bebida alcoólica; ele foi preso em flagrante
Por João Barros
Em 06/12/2018 às 00:10
O caso aconteceu na avenida Sol Nascente, bairro Bela Vista (Foto: Divulgação)

O começo da noite da terça-feira, dia 4, foi de muita tensão para quem testemunhou um acidente na avenida Sol Nascente, bairro Bela Vista, zona oeste da Capital. Por volta das 19h, o condutor de um veículo modelo Chevrolet/Celta, cor azul, atropelou uma família inteira que transitava em uma bicicleta e percorreu cerca de 50 metros com uma criança presa no para-brisa do carro, durante a tentativa de fuga, causando revolta em quem presenciou a cena.

Quem atendeu a ocorrência foi a Guarda Civil Municipal (GCM), depois de ser acionada via Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) e a guarnição foi informada de que o condutor do veículo seria um guarda civil municipal, que estava sendo ameaçado de morte por populares. Quando chegaram ao local, os guardas perceberam que muitas pessoas tentavam linchar o motorista.

Ele foi retirado do meio da população e levado para a viatura para que a integridade física fosse preservada e para que a ocorrência não tivesse um fim trágico. Testemunhas relataram para a Guarda Municipal que o indivíduo seguia pela avenida Sol Nascente, sentido bairro/Centro, quando atropelou a família que estava em uma bicicleta e seguia no mesmo sentido da via.

Após a colisão, o condutor do veículo percorreu aproximadamente 50 metros com a criança presa no para-brisa do veículo, até chegar à avenida Rio São Francisco, onde ele parou o automóvel, puxou a criança do para-brisa, entrou no carro novamente e persistiu na fuga, mas foi barrado pelos populares que, revoltados, tentaram matá-lo.

A Guarda Municipal fez o teste do “bafômetro” e o resultado foi de 1,15mg/l [miligramas por litro de ar], acima do que limite permitido por lei, que é de 0,05mg/l. Diante do flagrante delito, o homem foi conduzido à Central de Flagrantes do 5º DP, enquanto as vítimas foram levadas ao Hospital para receberem atendimento médico especializado e o quadro de saúde delas não foi divulgado à imprensa.

A autoridade policial prendeu o homem em flagrante e ele ficou detido numa das celas da Delegacia até a manhã de ontem, dia 5, quando foi apresentado à Justiça e audiência de custódia. (J.B)

***
Gostou?
6
0
GABIGOL disse: Em 07/12/2018 às 16:07:05

"Mais um covarde"

Souza_e_Silva disse: Em 06/12/2018 às 19:20:23

"Seria bom rotular a pessoa que bebe e dirigi igual a assassino, independente de quem for e condenar como crime culposo e ter prisão imediata."

Christhian Rodolfo Torres Dominguez disse: Em 06/12/2018 às 07:58:09

"Pena de morte......para o vagabundo"