PUBLICIDADE
CIDADE SATÉLITE
Jovem é morto, amarrado, amordaçado e parcialmente enterrado
Militares relataram que a vítima tinha um afundamento craniano e um corte profundo no pescoço
Por João Barros
Em 15/04/2019 às 00:10
Corpo foi deixado ao lado de um monte de barro numa área de loteamento (Foto : Divulgação )

O ajudante de pedreiro Matheus Magalhães Aleixo, de 21 anos, foi encontrado, morto, amarrado, amordaçado e parcialmente enterrado ao lado de um monte de barro no loteamento Boulevard, que fica às margens da RR-205, no bairro Cidade Satélite. O corpo foi achado por moradores por volta das 9h de sábado, 13.

Policiais militares, peritos e uma equipe do Instituto Médico Legal foram ao local e ao fim dos procedimentos o corpo do jovem foi recolhido para ser examinado.

Numa análise prévia, os militares relataram que a vítima tinha um afundamento craniano e um corte profundo no pescoço, possivelmente feito por faca ou por facão. Ao fim do exame cadavérico, o IML emitiu laudo para a família confirmando que a morte foi causada por hemorragia, devido a ferimento de arma branca.

O caso foi encaminhado para a Delegacia Geral de Homicídios (DGH). Até ontem, 14, nenhum suspeito foi preso nem identificado. Uma das hipóteses levantadas pela polícia é de que o crime tenha relação com o confronto entre facções criminosas. Outra possibilidade é que a vítima tivesse envolvimento com o tráfico de drogas. 

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!