PUBLICIDADE
NO CENTRO
Justiça determina suspensão de obras do camelódromo de Boa Vista
Conforme o MPRR, a praça onde será construído o camelódromo serve de parada e abrigo a muitas pessoas, além de ser bastante arborizada, tendo importante função ambiental
Por Folha Web
Em 25/10/2017 às 12:00
Prefeitura pode ser multada em R$ 2,5 mil por dia em caso de descumprimento (Foto: Arquivo Folha)

O juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Boa Vista, Aluizio Ferreira Vieira, em análise do pedido formulado pelo Ministério Público Estadual, determinou a suspensão das realizações de obras, construções, alterações ou modificações na Praça Daicy Figueiredo Pereira, no Centro de Boa Vista, sob pena de multa no valor de R$ 2,5 mil por dia de descumprimento.

O Ministério Público Estadual ajuizou Ação Civil Pública com o intuito de suspender as obras da Praça, em razão da possibilidade de desconstituir e efetivamente destruir o  logradouro público, inclusive com supressão de espécies da flora existentes no local, para construção de um centro comercial, popularmente chamado Camelódromo.

Ainda conforme o MPRR, a praça serve de parada e abrigo a muitas pessoas, além de ser bastante arborizada, sendo logradouro público com importante função ambiental, urbanística, cultural, estética e paisagística, contribuindo para qualidade da vida humana no espaço urbano.

O Município de Boa Vista, em audiência de conciliação, se comprometeu a prestar informações detalhadas sobre a obra. Conforme o magistrado, as informações prestadas pelo Município de Boa Vista não foram suficientes para esclarecer o que de fato será feito. “Caso haja continuidade nas obras e a ação for julgada procedente posteriormente, a coletividade poderá sofrer prejuízos irreparáveis ou de difícil reparação, tendo em vista os recursos aplicados na obra que poderá ser destruída” afirmou.

***
Gostou?
37
11
Manuel disse: Em 06/11/2017 às 09:01:14

"Toda praça hoje em dia é um excelente abrigo para desocupados e viciados.... Era de grande utilidade no passado nas que se praticavam piqueniques, onde as pessoas se reuniam para distração. Depois vieram os cinemas ao ar livre... fechado... Tv, fitas cassetes, a turma passou a ter dois empregos, o conforto no lar. Ai estes espaços ficaram sendo sub utilizados..."

Martins Silva disse: Em 25/10/2017 às 13:36:02

"Foi gasto tanto dinheiro pra revitalizar essa área caetano filho, agora outra vez um elefante branco?"