SAÚDE
Ministério libera R$ 5,3 mil para cirurgias eletivas em RR
Recurso será destinado aos municípios que cumpriram a meta de produção
Por Folha Web
Em 26/02/2018 às 23:30
Gestores irão receber o dobro da verba para organizarem mais mutirões (Foto: Pesquisa por imagem)

O município de Boa Vista, em Roraima, receberá R$ 5,3 mil para realização de cirurgias eletivas. No total, o município produziu 40 cirurgias eletivas em 2017.

Com isso, mais recursos estão sendo disponibilizados para as cidades que comprovou cumprimento da meta de produção estabelecida.

s estados que cumpriram a meta estabelecida em portaria para que municípios pudessem organizar a produção de mutirões de cirurgias eletivas, terão a oportunidade de receber o dobro dos recursos pagos no último semestre, ou seja, poderão realizar ainda mais procedimentos, diminuindo o tempo de espera dos pacientes que aguardam por uma cirurgia eletiva.

“Municípios que já conseguiram organizar a fila única têm a oportunidade de reduzir ainda mais a fila de espera dos pacientes que aguardam por alguma cirurgia. A medida visa reforçar as estratégias de ampliação aos procedimentos eletivos, garantindo o melhor encaminhamento e tratamento dos pacientes. Essa iniciativa vai ajudar a diminuir a demanda e a reorganizar a lista de espera”, reforçou o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Estão previstas entre as cirurgias eletivas procedimentos de média e alta complexidade, sem caráter de urgência, como cirurgias de pele, tecido subcutâneo, oftalmológicas; cirurgias das glândulas endócrinas; cirurgias do sistema nervoso central e periférico; cirurgias das vias aéreas superiores, da face, cabeça e pescoço; cirurgias e oncológicas; cirurgias do aparelho circulatório e digestivo e cirurgias do aparelho osteomuscular.

Esses procedimentos fazem parte da rotina dos atendimentos oferecidos à população nos hospitais de todo o país, de forma integral e gratuita, por meio do Sistema Único de Saúde.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!