PUBLICIDADE
EM TENTATIVA DE ROUBO
Mulher é alvejada no bairro dos Estados
A informação preliminar é que se tratava de uma tentativa de roubo de veículo, um Fiat Uno da cor prata
Por Folha Web
Em 12/03/2019 às 09:46
Um dos tiros atingiu a porta do veículo, estilhaçando o vidro (Foto: Aldênio Soares)

Uma mulher foi alvejada na perna com arma de fogo na manhã desta terça-feira, 12, em uma residência na Rua Mato Grosso, no bairro dos Estados. A especulação é que se trata de uma tentativa de roubo de veículo.

De acordo com informações da Polícia Civil foram três tiros efetuados contra o veículo modelo Volkswagen Up, da cor prata, próximo à porta do carro. Um dos tiros atingiu a perna da vítima, na região da coxa. A informação inicial é que a mesma foi socorrida pela família e levada para o Pronto Socorro Francisco Elesbão onde recebeu atendimento médico.

Os outros tiros atingiram o estofamento da porta e um a janela do carro. A equipe da perícia esteve no local e registrou a impressão digital dos envolvidos deixada no veículo. A Polícia Civil, Polícia Militar (PMRR) e a Força Nacional foram acionadas e permanecem no local para resguardar o perímetro.

PUBLICIDADE

Um dos vizinhos da residência, que preferiu não se identificar, disse que chegou a ver a um dos envolvidos fugindo do local.  “Eu pensava que era som de bombinha e eu vim aqui fora. Quando vi, tinha um rapaz correndo com um revólver na mão. Ele saiu correndo e uns 50 metros depois ele embarcou em um veículo, em frente a um restaurante. Depois escutamos os gritos da vizinha. Foi muito rápido”, afirmou.

A testemunha também ressaltou que se sentiu amedrontado com esse tipo de ocorrência acontecendo no bairro dos Estados. “Nunca tinha visto isso no nosso bairro. Esse tipo de situação. É a primeira coisa que aconteceu. É a primeira coisa que eu vi isso e moro aqui desde 1983. Ficou todo mundo muito assustado”, completou.

***
Gostou?
4
1
Nogueira disse: Em 12/03/2019 às 10:42:10

"Absurdo esse tipo de violência em nossa cidade que antes era tão pacata! Isso é fruto da imigração descontrolada (sem antecedentes, bandidos entram livremente), e do desemprego. Não dá pra continuar assim. E depois tem gente que ainda defende o PT que apoia o governo do ditador e assassino Maduro!"