PUBLICIDADE
VENEZUELA
Oposição alerta sobre presença de agentes de Maduro em RR
Membros da inteligência estariam perseguindo exilados em Roraima
Por Folha Web
Em 03/06/2019 às 16:02
A tensão dentro da Força Armada Nacional Bolivariana(FANB) já levou pelo menos 80 militares venezuelanos a fugirem para o Brasil (Foto: Divulgação)

A tensão dentro da Força Armada Nacional Bolivariana(FANB) já levou pelo menos 80 militares venezuelanos a fugirem para o Brasil.

De acordo com informações divulgadas por um site brasileiro, uma alta fonte do país que integra a equipe de colaboradores do presidente da Assembleia Nacional (AN), Juan Guaidó, proclamado por ela “presidente encarregado”.

Alguns destes militares, em sua grande maioria da Guarda Nacional Bolivariana (GNB), continuam sendo perseguidos dentro do território brasileiro pelo serviço de inteligência do governo Nicolás Maduro, asseguraram o ex-prefeito da Grande Sabana Emilio González (que fugiu da Venezuela recentemente) e o ex-prefeito do mesmo município e líder indígena venezuelano Ricardo Delgado.

PUBLICIDADE

González e Delgado, acompanhando de perto os conflitos na fronteira entre Brasil e Venezuela, afirmam que agentes do Serviço Bolivariano de Inteligência (Sebin) atuam no estado de Roraima, a serviço do governo Maduro. González emigrou com toda sua família para se refugiar na cidade de Boa Vista, deixando a prefeitura venezuelana em mãos de funcionários enviados pelo governo Maduro.

O ex-prefeito disse que seu reconhecimento de Guaidó como presidente levou militares da região a ameaçarem-no de morte, não deixando alternativa a não ser o exílio forçado.

— Eu fugi, como também fugiram muitos militares. Tem até um major do Exército que também está ameaçado de morte. Agentes do Sebin o perseguem aqui em Boa Vista — comentou.

Fonte: O Globo

***
Gostou?
0
5
Damiao disse: Em 03/06/2019 às 23:06:04

"Sejam bem vindos! O Brasil é uma mãe, mais só pros que não são Brasileiros."