Adolescente de 13 anos morre após ser atingido com tiro no pescoço - Folha de Boa Vista
RORAINÓPOLIS
Adolescente de 13 anos morre após ser atingido com tiro no pescoço
O padrasto da vítima tem passagem pela polícia e estava com ele no dia do ocorrido
Por Folha Web
Em 27/06/2022 às 09:50
Segundo testemunhas, a área onde a vítima estava é frequentada por caçadores, que podem ter feito a armadilha conhecida por badoque e que atingiu o adolescente.  (Foto: Nilzete Franco/Folha BV)

Nesse domingo (26), L.L.S., de 13 anos, foi morto com um tiro que atingiu o pescoço. O padrasto da vítima afirma que não estava com ele na hora do disparo e o levou até a residência da família. O caso ocorreu na Vila Nova Colina, em Rorainópolis, no sul do estado. 

De acordo com a Polícia Militar de Roraima (PM-RR) o adolescente havia saído com padrasto,  F.S.R.,  de 38 anos, para coletar açaí em uma área de mata. Os dois teriam se separado para que o adolescente subisse em uma palmeira. 

No entanto, ao se afastar alguns metros, o padrasto relatou ter ouvido um disparo de arma de fogo e correu em direção ao enteado, encontrando-o caído no chão, atingido no pescoço. Ele apanhou L.L.S. no colo e correu para sede da propriedade, porém o rapaz não resistiu ao ferimento, vindo a óbito no local. 

Segundo testemunhas, a área onde a vítima estava é frequentada por caçadores, que podem ter feito a armadilha conhecida por badoque e que atingiu o adolescente. 

Durante o atendimento da ocorrência, a equipe policial realizou consulta ao sistema judiciário, tendo sido encontrado um mandado de prisão em desfavor do padrasto da vítima. 

O homem foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil do município de Rorainópolis para providências, assim como a comunicação do homicídio do adolescente.

Local onde o jovem foi atingido pelo disparo (Foto: Divulgação)

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
0
9
Cadastrar-me Enviar Comentário
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!