PUBLICIDADE
POLÍCIA
Após investigações, duas mulheres são presas por tráfico de drogas
Uma das suspeitas havia sido presa pela DRE com aproximadamente 600 gramas de base de cocaína em 2017
Por Folha Web
Em 09/08/2019 às 14:35
Foram localizadas 10 garrafas tipo pet contendo material, aparentando ser pasta base de cocaína, além de dinheiro (Foto: Divulgação)

Duas mulheres, E.G.A, de 36 anos e E.C.P de 39, foram presas em flagrante nesta quinta-feira (8), por suspeita de tráfico de drogas, após 15 dias de investigações conjuntas do Setor de Investigação do Departamento de Narcóticos (DENARC) e Delegacia de Repressão ao Entorpecente (DRE), com apoio do Canil da Polícia Militar. Ambas são reincidentes neste tipo de crime.

Segundo a Polícia Civil, há duas semanas, uma denúncia anônima levou a equipe de policiais a investigar E.G.A, que de acordo com as informações, estaria abastecendo bocas de fumo de outros traficantes em Boa Vista. Ela já havia sido presa pela DRE com aproximadamente 600 gramas de base de cocaína em 2017.

Durante vários dias foram realizadas diligências que comprovaram a ilicitude dos atos da suspeita. Com a contabilidade das investigações, a polícia descobriu que ela receberia, nesta quarta-feira (7), uma grande quantidade de drogas para distribuição em pontos de vendas na capital.

PUBLICIDADE

“Por volta das 10 horas da manhã, detectou-se que ela iria à Pacaraima buscar a droga. Com essa informação, as equipes montaram um posto de vigilância em uma rotatória próximo ao Shopping Bairro Cauamé” explicou o delegado titular da DRE, Leonardo da Cruz Barroncas.

Ás 14h55, E.G.A foi monitorada saindo de Boa Vista em veículo Pálio. Com ela estava a ex- detenta E.C.P. Após a abordagem, quando tentavam fugir, as equipes capturaram as duas mulheres e apreenderam o veículo, que foi conduzido ao pátio da DRE/DENARC onde foram realizadas buscas, junto com o Canil da PM.

No carro, foram localizadas 10 garrafas tipo pet contendo material, aparentando ser pasta base de cocaína, e na revista pessoal foi encontrado com a suspeita a importância de R$ 840,00 em notas de R$ 100,00, R$50,00, R$20,00.

As duas receberam o Auto de Prisão em Flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico e ambas foram encaminhadas para Audiência de Custódia.

***
Gostou?
6
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!