Dono de bar morre após ser esfaqueado em assalto em Pacaraima - Folha de Boa Vista
NA FRONTEIRA
Dono de bar morre após ser esfaqueado em assalto em Pacaraima
Djalma Alves Lobo chegou a ser levado ao HGR, mas não resistiu aos ferimentos. Polícia Militar contou que duas testemunhas informaram que criminosos teriam levado algumas garrafas de bebida alcoólica
Por Folha Web
Em 25/11/2021 às 10:00
Djalma Alves Lobo era dono de um estabelecimento conhecido como

Djalma Alves Lobo foi esfaqueado no peito durante um assalto na madrugada desta quinta-feira (25), no bar que administrava no município de Pacaraima, na fronteira com a Venezuela, a 218 quilômetros de Boa Vista. Ele chegou a ser levado ao Hospital Geral de Roraima (HGR), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo a Polícia Militar, duas testemunhas informaram as características dos criminosos e que teriam levado algumas garrafas de bebida alcoólica. Policiais tentaram localizar os infratores, mas ainda não obtiveram sucesso.

A Polícia Militar disse que, ao chegar ao bar, encontrou Djalma sangrando e com uma perfuração no peito. Inicialmente, Djalma foi atendido pelo Hospital Délio Tupinambá, em Pacaraima, mas devido à gravidade do ferimento, o médico encaminhou o paciente ao HGR, em Boa Vista, onde foi atendido por uma equipe multiprofissional, mas ele não resistiu. O caso será investigado pela delegacia de Pacaraima.

Moradores contaram à FolhaBV que suspeitam que os assaltantes eram migrantes. Após o crime, em protesto, parte da população expulsou venezuelanos que dormiam em uma quadra do município.

VÍDEOS RECOMENDADOS
***

Quer o site da FolhaBV com menos anúncios?

Um jornalismo profissional com identificação e compromisso com o regional que fiscaliza o poder público, combate o autoritarismo e a corrupção, veicula notícias interessantes, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. São mais de 50 reportagens todo dia. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

ASSINE A FOLHABV
Gostou?
1
7
Cadastrar-me Enviar Comentário
Damiao disse: Em 25/11/2021 às 10:49:35

"Parabéns a Operação Acolhida, por ser o único exército a trabalhar a favor de outro País. Esses Venezuelanos são Ruim, violentos, cruel, e não tem pena de ninguém eles mata mata mesmo e depois é só atravessar a fronteira de vouta pra Venezuela."