PUBLICIDADE
INTOXICADO
Estudante some e é encontrado em via de acesso à RR-205
Estudante do colégio Lobo D’almada, ele contou que foi foi abordado por dois homens que estavam em um carro branco
Por João Barros
Em 24/05/2019 às 00:15
O adolescente está sob cuidados médicos no Pronto Atendimento Cosme e Silva (Foto: Aldenio Soares)

Na manhã dessa quinta-feira, dia 23, um estudante de 16 anos que estava desaparecido desde às 21h da quarta-feira, dia 22, foi localizado por um popular numa estrada que dá acesso à RR-205 e Anel Viário, numa área próxima a um loteamento que fica após o bairro Cidade Satélite. Ele estava visivelmente dopado. O crime aconteceu após a vítima sair da Escola, no Centro, onde estuda no período noturno. 

Segundo a mãe, a vítima não tem envolvimento com o crime organizado ou tráfico de drogas e sai de casa apenas para ir à escola ou à igreja. O próprio rapaz acredita que foi confundido com algum membro de facção e mesmo com tudo o que aconteceu, pretende voltar para a Escola. Depois do fato, a mãe contou que a rotina do filho vai ser diferente.

PUBLICIDADE

A mulher explicou que todos os dias o estudante tem o hábito de conversar com ela durante o trajeto da Escola para casa. “Ele me ligou, a voz estava estranha, mas quando eu liguei pela primeira vez, não conversei com ele, conversei com outra pessoa e fiquei muito assustada porque ele desapareceu”, declarou.

Quem encontrou foi um popular que passava pelo local às 6h de ontem e entrou em contato com a família, que foi à Delegacia registrar a Ocorrência. Como precisava passar por um processo de desintoxicação, o estudante acabou sendo internado no Hospital. A vítima disse que foi forçada a consumir uma substância que não soube dizer do que se tratava.

A família mora no bairro Senador Hélio Campos e todos os dias a mãe do estudante disse que vai buscá-lo na parada de ônibus, ao desembarcar, e ainda caminham até a residência onde moram. Na Delegacia, a vítima tremia e tinha dificuldades para falar. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. Conforme o adolescente, o autor do crime é branco e magro e o deixou a noite inteira jogado numa poça de lama. (J.B)

***
Gostou?
4
0
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!